SEDUC

Independência vence o carnaval de Cubatão pelo décimo ano consecutivo

A agremiação obteve 167,75 pontos da comissão julgadora e conquistou, pelo décimo ano consecutivo, o título de campeã do carnaval da cidade, defendendo o enredo "E o povo começa a cantar"

Comentar
Compartilhar
16 FEV 201521h21

"Não tem prá ninguém": o grito ecoou, em frente do Centro Esportivo Romerão, entre os sambistas e simpatizantes da Escola de Samba Independência do Jardim Casqueiro, assim que foi anunciado o resultado do desfile de escolas de samba de Cubatão. Não era para menos. A agremiação obteve 167,75 pontos da comissão julgadora e acabava de conquistar, pelo décimo ano consecutivo, o título de campeã do carnaval da cidade, defendendo o enredo "E o povo começa a cantar", no desfile realizado na noite de sábado, no Jardim Casqueiro.

O segundo lugar ficou com a Escola de Samba Unidos do Morro, que obteve 163,25 pontos, e a terceira colocada foi a Nações Unidas, com 160,75 pontos. O vice-campeonato escapou da Nações Unidas por causa de quatro pontos que a agremiação perdeu por não ter cumprido  exigências com relação às dimensões de dois carros alegóricos.A Unidos do Morro perdeu um ponto devido a atrasos na chegada de um carro alegórico.

A conquista da Independência foi incontestável. Além de não ter obtido nenhuma punição, conquistou nota máxima (10) em seis dos nove quesitos: fantasia, alegoria, comissão de frente, samba-enredo, enredo e mestre- sala e porta-bandeira. Em evolução teve média 9,12; em harmonia, 9,87 e, em bateria, 9,75.

Além de não ter obtido nenhuma punição, conquistou nota máxima (10) em seis dos nove quesitos (Foto: Divulgação)

Presidente da agremiação há 9 anos,  e um dos fundadores da escola, Severino Batista, oTatai, estava emocionado. "Este ano foi uma conquista diferente, pois o décimo título consecutivo representa um estandarte de ouro", disse.

Este tipo de premiação não existe oficialmente em Cubatão, mas a possibilidade de sua criação, no futuro, não foi afastada pelo secretário municipal de Cultura, Welington Borges, que presidiu os trabalhos de apuração. Ele se mostrou satisfeito com o desfile oficial deste ano - que, conforme explicou, apresentou menos dificuldades do que no ano passado devido a algumas novidades, como a inversão no sentido do desfile, realizado na Avenida Beira-Mar, no Jardim Casqueiro: "Isso eliminou problemas para a chegada das escolas e na área de dispersão".

Welington elogiou o trabalho harmônico das vários setores da Prefeitura, o que - a seu ver - contribuiu muito para o sucesso do carnaval deste ano.

A apuração, realizada no Centro Esportivo Romerão, foi acompanhada também pelo secretário municipal de turismo, Tico Barbosa, e por representantes da União das Escolas de Samba do Estado de São Paulo (UEESP).