Incêndio na Índia mata pelo menos 19 pessoas

Segundo a polícia, o incêndio foi causado por um curto circuito no primeiro andar do prédio conhecido por comercializar produtos de plástico e de papel

Comentar
Compartilhar
27 FEV 201310h35

Um incêndio em um centro comercial na cidade de Calcutá, no leste da Índia, matou pelo menos 19 pessoas e deixou várias outras feridas nesta quarta-feira, segundo agentes da polícia e do governo. De acordo com a polícia, o incêndio foi causado por um "curto circuito" no primeiro andar do prédio, conhecido por comercializar produtos de plástico e de papel.

A maioria dos mortos eram funcionários das lojas, que provavelmente estavam dormindo quando o fogo começou, afirmou o agente Javed Shamim, da polícia local. "Uma mulher idosa, que estava se abrigando no interior do edifício também morreu". Dezenas ficaram feridos, disse Shamim.

Os bombeiros levaram três horas para apagar o incêndio. Segundo o policial, eles conseguiram resgatar diversas pessoas presas no prédio. Um funcionário de um hospital local disse que 20 feridos estavam sendo tratados, entre os quais, oito apresentavam condições "críticas".

O responsável pelo Corpo de Bombeiro do Estado de Bengala Ocidental, Javed Khan, disse que o complexo era "ilegal". Ele afirmou que o governo vai tomar "medidas rigorosas" contra os proprietários do edifício por não terem implantado medidas de segurança contra incêndios no local.

"As pessoas estavam presas lá dentro, pois a maioria dos pontos de entrada e saída do edifício estavam trancados", disse Khan para a diferentes canais de televisão. As informações são da Dow Jones.