GOVERNO 3

Impostômetro chega a R$ 1,4 trilhão na madrugada desta sexta

No ano passado, a mesma marca de R$ 1,4 trilhão só foi alcançada no dia 13 de dezembro.

Comentar
Compartilhar
06 DEZ 201211h26

O Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) alcançará na madrugada desta sexta-feira (07), por volta da 1 hora da manhã, R$ 1,4 trilhão em impostos federais, estaduais e municipais pagos por todos brasileiros desde o 1º dia do ano.

O presidente da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), Rogério Amato, reafirma a necessidade de dar transparência aos impostos pagos. “Realizamos esta semana o ato ‘Não Veta, Dilma’. Queremos que a presidente sancione o Projeto de Lei 1472/2007, que servirá para informar o cidadão sobre os impostos pagos na hora da compra de bens ou serviços".

Amato ainda alerta sobre o valor arrecadado no mesmo período do ano passado. "Em 2011, essa marca de R$ 1,4 trilhão só foi alcançada em 13 de dezembro. Este ano o painel alcançará a mesma marca com seis dias de antecedência na comparação entre os dois períodos", conta.

O Impostômetro

O “Impostômetro” foi inaugurado em 20 de abril de 2005. Em 13 de setembro de 2011 o novo portal do Impostômetro (www.impostometro.com.br) foi colocado no ar. Nele é possível ver o quanto o País, os estados e os municípios estão arrecadando em impostos.

O Impostômetro contabiliza os impostos federais, estaduais e municipais pagos por todos brasileiros desde o 1º dia do ano (Foto: Divulgação)
 

Colunas

Contraponto