Idosos aprendem uma nova mania em Guarujá

As atividades começaram na última semana e continuam na quinta-feira (14), às 9 horas, no Canto do Tortuga

Comentar
Compartilhar
13 MAR 201315h10

Há quem diga que a vida começa aos 60 anos. E para uma turma de Guarujá isso é levado ao pé da letra. Cerca de 15 atletas da terceira idade, que participam das atividades que a Prefeitura oferece, estiveram na Praia da Enseada para se aventurar na nova mania que invadiu as praias da Região: o Stand Up Paddle. As atividades começaram na última semana e continuam na quinta-feira (14), às 9 horas, no Canto do Tortuga.

A ação é fruto de uma parceria entre a Prefeitura de Guarujá e a ONG Instituto Guaru Eco Social, que há 30 anos faz um trabalho social na Cidade. A ideia de trazer o novo esporte para a terceira idade surgiu com o interesse dos idosos nas aulas particulares da instituição. Com isso, o vice-presidente da entidade, Isaac Souza Vaz, apresentou o projeto à Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, que abraçou a ideia e iniciou as atividades em uma aula experimental na última quinta (7), na Praia da Enseada.

“Apresentamos um projeto que atendia as necessidades dos idosos, onde eles podem aprender o esporte da maneira que suportarem. É bom, pois ajuda a trabalhar o equilíbrio e melhora a qualidade de vida”, conta, apontando que toda uma estrutura especial foi montada para a atividade.

Receosos, os idosos chegaram ao local querendo saber um pouco mais sobre o esporte que era novo para muitos. Após as apresentações de cada um dos instrutores, veio o primeiro contato entre os iniciantes com as pranchas e remos. Foi então que o medo deu lugar à curiosidade e coragem, e muitos caíram na água como se conhecessem o esporte há muito tempo.

A atividade aconteceu na Praia da Enseada (Foto: Divulgação)

Uma das mais animadas da turma era a professora de Educação Física aposentada Norentina Vaz Maraucci. Quem a vê mal imagina que a senhora de 72 anos era motoqueira e já praticou caça submarina, asa-delta e paraquedismo. Porém, estar sobre uma prancha era novidade para esta aventureira.

“Nunca pratiquei surf nem stand up, mas tinha muita vontade de conhecer o esporte. Meu foco é o vôlei adaptado, que pratico no Tejereba, mas se o stand up não atrapalhar o vôlei, continuarei praticando a modalidade”, conta a ex-professora de Educação Física.

Todos os atletas da terceira idade estavam sob os olhares atentos da professora e técnica Erinilza Sanchez, conhecida como Usa. Coordenadora dos esportes para os idosos da Prefeitura de Guarujá e treinadora da equipe feminina de vôlei adaptado, Usa destacou a importância de atividades esportivas nesta faixa etária. “Muitos não conheciam a atividade. Pelo receio, muitos vieram só para assistir, mas já caíram na água. Conciliando com o vôlei, isso já entrará no calendário fixo de atividades de esportes para a terceira idade”, destaca a professora.

A iniciativa foi um sucesso, tanto que nesta quinta-feira (14), às 9 horas, uma nova turma irá se aventurar. As aulas serão realizadas no Canto do Tortuga, no lado esquerdo da Praia da Enseada.