Humorista Evandro Santo, ex-Pânico, denuncia agressão de espectador de seu show em Marília

O artista diz ter ido ao banheiro e pedido dez minutos para descansar quando ouviu as pessoas avisarem que Pedro estaria chegando ao recinto.

Comentar
Compartilhar
20 OUT 2019Por Folhapress10h57
O humorista diz ter sangrado bastante pelo nariz e pela boca após a agressão.Foto: Facebook/Reprodução

Evandro Santo, 44, denunciou que foi agredido por um homem que assistiu e participou de uma das brincadeiras que propôs durante show interativo feito em Marília, no interior de São Paulo. O humorista usou o Instagram não só para alertar que "homofobia e ódio não têm cara", como também para contar como foi a interação com seu agressor antes de ser atingido por um soco no rosto. 

"O show transcorria super bem, até que chega a hora do 'Tinder humano' e todos os meus amigos da comédia sabem que funciona. Quando pedi um rapaz solteiro, na hora um rapaz chamado Pedro, se prontificou a subir para fazer o Tinder com outra moça, que sempre pode acabar em um 'beijo' ou 'selinho'. Ele super aceitou bem, fez o Tinder, ganhou um selinho meu, deu risada, assim como a moça ganhou um meu e deu risada. Saiu do palco de boa", relatou Santo.

O artista diz ter ido ao banheiro e pedido dez minutos para descansar quando ouviu as pessoas avisarem que Pedro estaria chegando ao recinto.  

"Quando saí do banheiro do nada, o cara apareceu, o mesmo que participou por vontade própria, e me deu um baita soco na boca, no qual obviamente eu não reagi. Tanto a boca quanto o nariz sangraram. Na hora virou um tumulto no banheiro, gente separando o cara, um cara ficou puto e disse para o pai dele: Você trouxe o seu filho para fazer isto com o artista? Chegou uma moça super prestativa e fizeram um paredão para eu sair. Saí tão passado que fui direto para o hotel. Não apanho desde os 13 anos de idade, por qualquer motivo".