Horário de Verão começa no dia 17

No período de pico, das 18 às 21 horas, o consumo de energia elétrica aumenta em até 40% em relação às demais horas do dia

Comentar
Compartilhar
15 JAN 201322h07

À zero hora do dia 17 de outubro começa o Horário Brasileiro de Verão. Os relógios devem ser adiantados em uma hora nas regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste e Distrito Federal. O Horário de Verão terá duração de 126 dias, com o término à meia-noite do dia 20 de fevereiro de 2011.

O principal objetivo do Horário de Verão é melhorar o aproveitamento da luz natural. Com os dias mais longos, é possível reduzir o consumo de energia elétrica e diminuir a demanda no horário de pico do consumo, das 18 às 21 horas. Na média, as pessoas chegam em casa a partir das 18 horas, início da noite. Logo, uma das primeiras ações é acender a luz.

Segundo o gerente regional da CPFL Piratininga na Baixada Santista, Epaminondas Mourão de Padilha Lima, entre 18 e 21 horas, o consumo de energia sobe até 40% em comparação com as demais horas do dia. E no Verão o consumo de energia aumenta ainda mais por causa do uso de ventiladores e condicionadores de ar. Além disso, por volta das 18 horas, entra em operação a iluminação pública, placas de luminosos comerciais etc.

No período do Horário de Verão, as cargas das residências e de iluminação pública passam a operar após às 19 horas, quando o consumo industrial começa a cair. Dessa forma, é possível economizar energia e proporcionar o funcionamento adequado do sistema de transmissão e distribuição de eletricidade.

A CPFL Piratininga estima uma redução da ordem de 0,5% no consumo de energia elétrica nas 27 cidades de abrangência. Essa economia de consumo alcançará 26.100 MWh, volume suficiente para atender uma cidade do porte de Santos, por exemplo, com cerca de 433 mil habitantes, por oito dias. No período de pico, há expectativa de uma redução de 1,4% na demanda de energia. 

O Horário de Verão é válido para as regiões Centro-Oeste, Sul e Sudeste do país. A medida não se aplica aos estados do Nordeste e Norte.

Histórico no Brasil

A medida foi adotada pela primeira vez no Brasil, em 1931, mas de forma consecutiva, o Horário de Verão acontece há 25 anos. Esta é 40ª edição do horário especial, no País. Os estados que adotam a medida são: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Distrito Federal, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.