Prefeitura Santos
Prefeitura Santos Mobile

Guarujá tem 10 novos leitos de UTI implantados, com seis já em operação no Santo Amaro

Estes são os primeiros já em operação, do total a ser disponibilizado na rede municipal para o enfrentamento ao novo coronavírus na Cidade

Comentar
Compartilhar
29 MAR 2020Por Da Reportagem19h34
Novos leitos visam atender parte da demanda da covid-19.Foto: Divulgação/PMG

Já estão disponíveis os primeiros leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) especialmente criados para o combate ao novo coronavírus em Guarujá. De um total de 10, viabilizados no Hospital Santo Amaro (HSA), seis estão em operação, desde a manhã deste sábado (28). Os outros quatro entrarão em funcionamento assim que forem necessários, conforme demanda. Trata-se de uma parceria viabilizada entre a Prefeitura e a Associação Santamarense de Beneficência de Guarujá, entidade mantenedora do hospital.

De acordo com o chefe do executivo, a prioridade número um é o contingenciamento de recursos de todas as formas, de ordem jurídicas e legais, para que se consiga além da demanda natural do sistema público. “Temos notícia em todo o mundo de um monstro e ainda não temos a dimensão do seu tamanho”, disse, referindo-se à Covid-19.

São 10 leitos implantados que vão operar conforme a demanda apresentada. Seis deles já estão devidamente equipados, inclusive com respiradores. Esses 10 novos leitos representam 50% de reforço no atendimento já prestado pelo HSA, que tem hoje um total de 20 UTIs em funcionamento.

Cada novo leito implantado custa, aproximadamente, R$ 2 mil reais por dia, também devido ao alto custo de materiais, insumos e equipamentos de proteção individual, que estão mais caros neste período de enfrentamento à pandemia.

O presidente da Associação, Urbano Bahamonde, frisou a importância desse reforço à Cidade. “Estamos fazendo nossa parte como hospital filantrópico. Confiamos na gestão municipal e nos antecipamos à burocracia para viabilizar essa realização o mais rápido possível. Guarujá está preparada para essa guerra contra a doença que se anuncia”, disse.

Urbano frisou que o momento é oportuno para a união de esforços em prol da saúde dos pacientes. “Neste período tão crítico e delicado pelo qual o mundo está passando, devemos crescer e atender nossos usuários da melhor maneira possível”.

Todos os funcionários do HSA receberam treinamento para adotar o protocolo contra a Covid-19, sendo que aqueles profissionais que vão atuar nesses novos leitos foram recrutados e qualificados nas últimas 72 horas.

Além disso, há o aumento de outros 10 leitos de observação clínica e mais quatro de isolamento, que serão viabilizados pela Prefeitura, na Unidade de Pronto Atendimento Doutor Matheus Santamaria (UPA), o PAM Rodoviária.