Guarujá revive carnavais com blocos de samba de São Paulo

Duas bandas tradicionais de São Paulo chegam à Cidade para apresentações únicas neste fim de semana.

Comentar
Compartilhar
07 FEV 201319h56

Guarujá terá um Carnaval diferente este ano. Duas bandas tradicionais de São Paulo chegam à Cidade para apresentações únicas neste fim de semana. No domingo (10), o grupo Kolombolo Diá de Piratininga agita a Praia das Pitangueiras com os tradicionais sambas paulistas, a partir das 16 horas, na Praça das Bandeiras.

O grupo formado em 2002 traz o molde dos antigos cordões para Guarujá, ressaltando a importância do samba de São Paulo em sua história. O percurso do bloco se encerra na Praça dos Expedicionários, também na Praia das Pitangueiras.

Já no segunda-feira (11), a tradição dos antigos carnavais continua presente na Cidade. A partir das 17 horas, na Praça das Bandeiras, o grupo Ilú Oba De Min, também de São Paulo, traz a magia da música afro-brasileira paulista.

O grupo Kolombolo Diá de Piratininga agita a Praia das Pitangueiras (Foto: Reprodução/Internet)

Formado por mulheres, o grupo tem o objetivo de preservar e divulgar a cultura afro no Brasil, fruto de uma pesquisa musical de matriz africana e afro-brasileira e sua divulgação. Composta por 30 mulheres ritmistas tocando djembês, alfaias, ilús, agogôs e xequerês, o Ilú Oba De Min segue o percurso até a Praça dos Expedicionários. Ambas as apresentações são gratuitas e não é necessário comprar abadá.

Homenagem a Plínio Marcos

Um dos grandes dramaturgos brasileiros, nascido na Baixada Santista e apaixonado por Guarujá, Plínio Marcos, será homenageado na Passarela do Samba, antes do desfiles das Campeãs, às 20 horas. Na cerimônia, uma placa em homenagem à obra escritor será entregue à família dele.