Guarujá registra o maior aumento do IDEB no fundamental I da Baixada desde 2011

A EM Professora Ivonete da Silva Câmara, no Jardim Conceiçãozinha foi a melhor escola avaliada

Comentar
Compartilhar
10 SET 201411h28

Só mesmo a partir de um forte trabalho desenvolvido na educação de Guarujá desde 2009, é possível colher frutos, como a qualidade do ensino na Cidade. Prova disso é que na última sexta-feira (5), o Ministério de Educação (MEC) divulgou o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) 2013. A Prefeitura de Guarujá comemora os resultados positivos.

No fundamental I (anos iniciais – 1º ao 5º), a Cidade registrou 5.3, cuja meta estipulada pelo Ministério era de 5,2. No Ideb de 2011 tinha 4,6. Desta forma, comparando os dados de 2011 e 2013, Guarujá teve um aumento de 15,2%. Segundo a Secretaria Municipal de Educação, este é o maior aumento do Índice em toda a Baixada Santista.

E a unidade municipal que obteve o melhor índice no Ideb 2013 foi a Escola Professora Ivonete da Silva Câmara (no bairro Jardim Conceiçãozinha) com 5,8. Desde 2009, a unidade vem em uma crescente: 4,1 (2009) e 4,6 (2011). Das 19 escolas, apenas quatro não alcançaram a meta 2013, o que o indica ainda que 79% das escolas atingiram as metas. Além disso, todas as escolas aumentaram seus índices em relação a 2011.

(Foto: Roberto Sander Jr./PMG)

Já no ensino fundamental II (anos finais – 6º ao 9º), Guarujá, assim como as demais cidades da Região, não alcançou a meta do MEC de 4,7. Oito municípios caíram. A Cidade teve em 2013, 3,9, e em 2011 o índice era 4,2. Neste caso, há uma queda de 0,3.

Das 11 unidades, duas alcançaram as metas projetadas pelo MEC ou seja 18% da rede municipal. A Escola Vereador Francisco Figueiredo no bairro Santa Clara teve 3,8 no ideb 2013, atingindo a meta do Ministério da Educação com o mesmo dado. Vale lembrar que em 2011, o registro era de 3,6. Quem também conseguiu um bom índice foi a Escola Professora Lúcia Flora dos Santos, com 4,2. Ela superou a meta do MEC de 4,1.

A secretária de Educação de Guarujá, Priscilla Bonini, fala do resultado satisfatório e atribuiu o avanço, às ações implementadas pela Prefeitura desde 2009. “Diversos fatores tem contribuindo para a melhora da qualidade do ensino em nossa Cidade. Sem dúvidas, este é mais um resultado significativo na história de Guarujá que mostra o esforço da nossa prefeita Maria Antonieta de Brito, que é professora e que tem investido pesado no sistema de ensino aprendizagem”, destaca a chefe da pasta.