Guarujá receberá mais R$13 milhões do PAC2

Os projetos aprovados beneficiam Morrinhos e região da Vila Edna, vias da Enseada e a finalização das obras da Avenida Acaraú

Comentar
Compartilhar
07 MAR 201319h20

A prefeita de Guarujá Maria Antonieta de Brito participou nesta quarta-feira (6), da reunião de prefeitos e governadores com a Presidenta Dilma Roussef, no Palácio do Planalto, em Brasília.

Durante a reunião foram divulgados os projetos selecionados de estados e municípios, sobre mobilidade urbana, pavimentação e saneamento que receberão no total R$ 33 bi, da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2).

“Para alguém ser portador de cidadania numa sociedade moderna não basta só a renda, não basta só um emprego, precisa de serviços de qualidade. Por isso, o governo federal tem esse compromisso com o PAC, o Programa de Aceleração do Crescimento”, disse a Presidenta em seu discurso. Dilma ressaltou que pavimentação e saneamento não são ações típicas do Governo Federal, mas esse paradigma foi mudado.  “Não existe Governo Federal sem estado e prefeitura. O Governo Federal não faz pavimentação, mas pode auxiliar”, concluiu a Presidenta, que pelo Dia Internacional da Mulher homenageou as prefeitas presentes entre elas, a de Guarujá, Maria Antonieta de Brito.

Guarujá foi contemplado com três projetos de pavimentação: a nova via de ligação entre Morrinhos e a região da Vila Edna; a pavimentação das ruas da Cidade Atlântica e o término das obras da Avenida Acaraú, num valor total de R$ 13 milhões.

Guarujá foi contemplado com três projetos de pavimentação num valor total de R$ 13 milhões (Foto: Luiz Torres/DL)

Para a prefeita Maria Antonieta cada projeto da Cidade aprovado é uma perspectiva de desenvolvimento para a população. “Guarujá continua a incessante busca de melhorar a qualidade de vida das pessoas e, assim reduzir as desigualdades. Para se ter uma ideia, quando assumiu o primeiro mandato, a Enseada contava apenas com 10% das vias pavimentadas, aos poucos estamos mudando essa realidade e levando melhores condições às pessoas”, explicou a prefeita.

Antonieta ressaltou ainda que Guarujá vem apostando na construção de projetos, por isso tem conseguido grandes parcerias com o Governo Federal e Estadual.

A Cidade já foi contemplada no PAC2 com quatro projetos: o Enseada e Complexo Cachoeira, que formam o maior projeto habitacional da história de Guarujá  e, que vai retirar 2610 moradores de área de risco, com investimentos de cerca de R$ 300 milhões;  o projeto executivo de estabilização de encostas na Serra de Santo Amaro, no valor de R$ 1 milhão e o  projeto de macrodrenagem da Bacia Rio Santo Amaro, com investimentos de cerca de R$ 30 milhões.