Guarujá recebe presidentes dos fundos sociais para planejar ações

O encontro aconteceu na última quinta-feira e reuniu as cidades da Baixada Santista

Comentar
Compartilhar
31 MAR 201416h03

A presidente do Fundo Social de Solidariedade de Guarujá, Elizabete Gracia da Fonseca, e sua equipe receberam as presidentes dos órgãos dos outros municípios da Região em sua Cidade para definir as ações da 9ª Campanha Metropolitana do Agasalho. O encontro aconteceu na manhã de quinta-feira (27), na Ilha de Santo Amaro. A mobilização cumprirá um calendário regional até julho, visando arrecadar roupas de qualidade para serem encaminhadas às pessoas atendidas pelas instituições assistenciais.

No início da manhã, as presidentes dos fundos sociais da Baixada Santista e seus assessores foram recebidos por Elizabete, a diretora Adriana Rocha, e os assessores Rosângela Oliveira e Benedito Sandim na sede do Fundo Social de Guarujá. As visitantes conheceram toda a estrutura do órgão santamarense, situado na Rua Cavaleiro Nami Jafet, 549 – Centro, e o trabalho nele realizado, como as oficinas de restauração de brinquedos, costura, patchwork e cartonagem.

Em seguida, todas partiram para um roteiro turístico, numa van, passando pela Praia do Tombo – Bandeira Azul e seguindo até o Delphin Hotel, na Praia da Enseada, onde foi realizada a reunião regional. Elizabete abriu os trabalhos, salientando: “estamos muito felizes em receber todos aqui, na nossa Cidade. Temos muito trabalho pela frente e contamos com a solidariedade da população de todas as cidades para o sucesso da nossa campanha”, pontuou Elizabete.

Com o lema “Roupa boa a gente doa” em todo o Estado, a mobilização destaca as condições de uso das roupas doadas. Ano passado, foram arrecadadas 569.374 peças na Região, mas o grupo reforça que, mais do que números, o foco da campanha é a qualidade das roupas. Foi definida a abertura da campanha em âmbito regional no próximo dia 24 de abril, em Praia Grande. Posteriormente será realizado o Bazar Solidário em Santos e, no mês de julho, o encerramento, em Guarujá.

“Há nove anos que a campanha acontece com este formato metropolitano e a gente espera a colaboração de todos. Pretendemos superar a meta do ano anterior, mas nosso foco não é quantidade, mas a qualidade das roupas. O ponto alto será o Bazar Solidário, quando arrecadaremos dinheiro para a compra dos cobertores”, falou a presidente do Fundo Social de Praia Grande, Maria Del Carmem Mourão.

A presidente do Fundo Social de Itanhaém, Daily Kubagawa Gomes, comentou que “o encontro foi bem produtivo porque resolvemos bastante coisa. Adorei conhecer Guarujá e a equipe da Cidade foi bem receptiva”, disse.

Único homem – Arnaldo Cândido da Silva é o único homem a presidir um fundo social na Baixada Santista. Representante de Mongaguá, ele falou que “a reunião foi excelente, super proveitosa. Definimos todos os passos, tanto a abertura, como o bazar metropolitano e encerramento”, relatou.