GOVERNO SAUDE

Guarujá intensifica fiscalização no combate aos maus tratos contra animais

Denúncias podem ser feitas diretamente no Canil Municipal

Comentar
Compartilhar
11 FEV 2020Por Da Reportagem14h05
A multa pelo crime de maus tratos é de R$ 3 mil por bicho e, caso o mesmo venha a óbito, o valor sobe para R$ 6 milFoto: Divulgação/PMG

A Diretoria de Proteção e Bem-Estar Animal vem intensificando a "Força Tarefa Animal", ação de fiscalização que visa combater maus tratos. Toda semana, as equipes se dirigem aos locais denunciados para a realização da vistoria e, em caso de constatação do ato, podem fazer o recolhimento do bicho e aplicação de multa.

A multa pelo crime de maus tratos é de R$ 3 mil por bicho e, caso o mesmo venha a óbito, o valor sobe para R$ 6 mil. A ação é da Prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde (Sesau) e conta com o apoio da Secretaria de Desenvolvimento e Convivência Social (Sedecon) e equipes da Polícia Militar e Ambiental.

Durante a inspeção, o trabalho é realizado por um veterinário, que faz o laudo e constata se o animal deverá recolhido. Também participam um fiscal da vigilância sanitária, profissional este que pode multar/notificar o dono por falta de higiene no local; além de agentes da Polícia Ambiental, com aplicação da multa por maus tratos e o registro da denúncia na Delegacia de Polícia.

"Infelizmente, algumas pessoas não estão preparadas para dar amor e carinho aos animais mas, é através de operações como essas, que conseguimos evitar mais sofrimento aos cães, gatos e outros bichos", afirma o diretor de Proteção e Bem-Estar Animal da Prefeitura, Carlos Eduardo Vargas.

Denúncias podem ser feitas presencialmente no Canil Municipal (Rua Maria Lídia Rêgo Lima, 301- Jardim Conceiçãozinha). O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 8 às 12 horas e das 13 às 17 horas. O procedimento não exige identificação e a Diretoria garante total sigilo. Outras informações pelo telefone: 3387-7197.