Guarujá integra movimento surdo Setembro Azul e inicia programação especial na rede municipal

Movimento nacional defende a adaptação de escolas para unidades bilíngües, com profissionais aptos para atender alunos surdos por meio da comunicação com Libras

Comentar
Compartilhar
08 SET 201416h08

Guarujá está participando do Setembro Azul – Movimento Surdo, que defende nacionalmente a adaptação de escolas para unidades bilíngües, com profissionais aptos para atender alunos surdos por meio da comunicação com Libras (Língua Brasileira de Sinais). Com isso, a Prefeitura de Guarujá, por meio da Secretaria de Educação, inicia a partir desta segunda-feira (8), uma programação especial na rede municipal, que contará com palestras de incentivo à inclusão dos surdos na educação. As atividades vão ocorrer durante o mês de setembro.

Nesta primeira semana, as palestras acontecerão em três unidades municipais (polos), com conteúdo direcionado aos educadores e alunos dos ensinos infantil, fundamental e Educação para Jovens e Adultos (EJA).

Guarujá já conta com avanços nesta área graças aos investimentos da Seduc em capacitação como o curso de Libras para os servidores e o Projeto de Direito à Educação e Apoio à Informação (Deaf) para os alunos da rede e munícipes surdos. “O Guarujá já trabalha com educação inclusiva. Como setembro é o mês do movimento, é importante que a Cidade participe para se manifestar a favor da educação dos surdos de forma oficial e seguir em frente com as mudanças”, explicou a coordenadora do Projeto Deaf, Patrícia Moreira Duarte.

A diretora da Educação Infantil e Especial da Seduc, Renata Coghe Carlos, destaca os avanços de Guarujá na construção de uma rede bilíngue, o que inclui capacitação de professores e serventes. “A rede de ensino de Guarujá já atua com a proposta de educação bilíngue para surdos, uma conquista para esta comunidade, que é beneficiada nas escolas polo, pois utilizam a Libras (Língua Brasileira de Sinais) como primeira língua, respeitando assim a diferença linguística e cultural do surdo”.

A diretora explica ainda como a rede escolar pode se beneficiar da inclusão. “Todos ganham com este convívio, alunos surdos e ouvintes, pois há troca de saberes e o respeito à diversidade”, disse.

Setembro Azul – Movimento Surdo - O Movimento Surdo é a favor da educação e cultura da comunidade surda. Tornou-se efetivo nacionalmente em março de 2011, quando as discussões e mobilizações em defesa do Instituto Nacional de Educação de Surdos (INES) tomaram maiores proporções. O mês de setembro ganha destaque pelo Movimento, pois no dia 26 é comemorado o Dia Nacional do Surdo. Todos os anos são realizadas atividades pelo Brasil. No Guarujá, estão programadas palestras para todo o mês.

Confira a programação da primeira semana do Setembro Azul nas escolas municipais da Cidade:

Segunda-feira (8) - 19 horas:

Palestra: Educação e Surdez

Instrutoras de Libras: Maria Elisa Galvão e Adriana Miguel

Local: EM Vereador Ary da Silva Souza (Rua José Terto dos Santos Filho, 136 – Jardim Mar e Céu).

Terça-feira (9) - 19 horas:

Palestra Educação e Surdez

Instrutora de Libras: Adriana Miguel

Local: EM Mário Cerqueira Leite Filho (Rua Javari, 95 - Balneário Praia do Perequê)

Quinta-feira (11) - 19 horas:

Palestra Educação e Surdez

Instrutoras de Libras: Adriana Miguel

Local: EM Vereador Francisco Figueiredo (Av. Tancredo Neves, s/nº – Santa Clara)