Guarujá: Infraero faz medição de regularidade da pista do Aeroporto

Análise feita com equipamentos sensores de última geração avalia estado da pista e necessidade de recapeamento parcial ou completo para operação do aeródromo

Comentar
Compartilhar
14 JAN 2021Por Da Reportagem17h15
Vistoria no aeroporto de GuarujáFoto: HELDER LIMA/PMG

Na última terça-feira (12), uma equipe da Infraero realizou visita técnica no Aeroporto de Guarujá para levantamento em campo de características do aeródromo. Entre as atividades, foi feito uma avaliação da vegetação no local, além da medição, via scanner a laser, das condições atuais do pavimento da pista de pouso e decolagem. A análise será fundamental para definir se o local precisará de um recapeamento completo ou parcial, ou somente de reparos, antes que o aeroporto entre em operação civil.

No mesmo dia, a equipe de meio ambiente da Infraero também realizou vistoria técnica do solo e da vegetação ao redor do aeródromo. As informações coletadas são essenciais para viabilização da Licença Ambiental de Operação do Aeroporto. Para o serviço, a Base Aérea de Santos disponibilizou uma equipe de militares conhecedores do terreno e de suas particularidades, o que possibilitou o desbravamento das áreas de difícil acesso, e garantiu a segurança dos técnicos no local.

O serviço de medição da pista foi realizado pela empresa Pavesys Engenharia de Pavimentos, que conta com larga experiência na análise de aeroportos e rodovias pelo Brasil e em vários países. A atividade contou com a supervisão direta da equipe da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Portuário.

Durante as atividades, um veículo equipado com sensores de última geração fez a varredura na pista a fim de verificar a Irregularidade Longitudinal (IRI), termo técnico que avalia o quanto um veículo trepida durante o seu deslocamento.

 "Os dados e informações levantados irão embasar os estudos técnicos necessários para a futura homologação da pista, assim como a obtenção da Licença Ambiental de Operação do aeroporto", disse Cláudio Rezende, operador técnico de Perfilômetro, da empresa Pavesys Engenharia de Pavimento, responsável pela execução do estudo.

A partir de agora, as medições obtidas serão encaminhadas para análise da Infraero, que mediante aos resultados definira as próximas etapas para a execução da obra.