X

Cotidiano

Guarujá inaugura escola de remo, vela e canoagem

As aulas iniciam no dia 20 deste mês. Ao todo, 100 alunos serão contemplados com o projeto

Da Reportagem

Publicado em 10/09/2018 às 22:18

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Ao todo, 100 estudantes da rede municipal de ensino serão beneficiados / Divulgação/PMG

Na última sexta-feira (7), a Prefeitura de Guarujá inaugurou o Programa Forças no Esporte (Profesp). O evento ocorreu na Base Aérea de Santos e reuniu os professores e entusiastas do projeto com os futuros alunos de remo, vela e canoagem da ação realizada em parceria com a Capitania dos Portos de São Paulo. As aulas terão início no dia 20 deste mês.

Ao todo, 100 estudantes da rede municipal de ensino serão beneficiados com a iniciativa. Eles são alunos das escolas municipais Professora Lúcia Flora dos Santos (Jardim Progresso) e Professor Benedito Cláudio da Silva (Vila Alice).

O projeto fornece atividades teóricas (marinharia, ripeam, estratégias, técnicas e táticas), práticas (montagem, manutenção, assepsia, mobilização, prática em meio líquido e desmobilização), pedagógicas (leitura de livros, redação, interpretação de textos) e culturais (visitas a pontos históricos, exposições, competições e feiras).

Na ocasião, os jovens também contarão com atividades complementares, como palestras, orientações em saúde e meio ambiente. Professor de remo, vela e canoagem, Juliano Rolim conta que os alunos aprenderão as três modalidades no Profesp. Segundo ele, "os alunos serão especializados de acordo com respectivo desenvolvimento deles, além do próprio interesse pela modalidade", explicou.

Para o vice-prefeito e secretário de Educação, Esporte e Lazer, Renato Pietropaolo,  trata-se de um projeto diferenciado, voltado para as principais características da Cidade.  "O mais importante disso tudo é que o aluno se torna um cidadão melhor. Essa é a luta que nós temos dentro da nossa Administração".

Já o secretário adjunto de Esporte, José Roberto Galvão, conta que o programa traz um sonho que já existia desde o início do governo. "Nós selecionamos, a príncipio, as duas escolas que ficam mais próximas à Base. A ideia é que a gente consiga difundir isso em outros bairros futuramente, usando todas as áreas náuticas da Cidade para assim ampliar o programa", ressaltou.

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Esportes

De algoz a novo reforço? Santos quer Breno Lopes para jogar a Série B

Jogador marcou o gol da vitória alviverde na Libertadores de 2020

Esportes

Vasco busca detalhes sobre João Schmidt

Volante foi um dos destaques do Campeonato Paulista

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter