Guarujá cria fluxo de atendimento para Dengue

UPA Boa Esperança passou a ser unidade referencia para o atendimento aos pacientes com complicações

Comentar
Compartilhar
05 MAI 201517h50

Por conta do aumento do número de casos de Dengue em Guarujá, a Secretaria de Saúde do Município preparou uma série de ações tanto no atendimento aos pacientes, quanto na prevenção, para conter o avanço de casos. O Município chegou, nesta semana, aos 358 casos confirmados e está em estado de emergência, desde o dia 27 de abril. O número de pacientes com Dengue se refere ao ano epidemiológico, que vai de julho de 2014 a junho de 2015.

A Secretaria referenciou a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Jorge de Jesus Almeida, a UPA Boa Esperança, para atendimento aos pacientes com Dengue, suspeitas e complicações. Na recepção da UPA, as agentes de controle de endemias da Diretoria de Vigilância em Saúde explicam sobre a prevenção e a ampliação no atendimento aos pacientes com sintomas de Dengue.

“O Dengue móvel circulou pelo município explicando que a UPA Boa Esperança está referenciada para atender os pacientes com sintoma da doença, porém todos que chegam são atendidos. Aqui explicamos como evitar focos do mosquito Aedes Aegpty em seus imóveis, além de passar orientações sobre os sintomas. Estamos disponibilizando o soro oral para já iniciar a hidratação” explica a agente Celiene Maria da Silva.

Até o dia 5 de junho, período de baixa da doença, a UPA Boa Esperança vai funcionar 24 horas atendendo aos pacientes com complicações por conta da Dengue. É importante lembrar que as pessoas que estiverem com sintomas como: febre, dor no corpo, dor de cabeça, dor abdominal intensa e continua, cansaço, enjôo e mal estar, podem passar primeiramente nas unidades de Atenção Básica (UBS) e de Saúde da Família (Usafas), onde receberão o soro e orientações para fazerem em suas casas.

Guarujá conta com 21 unidades de atenção básica que funcionam até as 17horas e estão aptas a atenderem pacientes de Dengue sem complicações. Os que tiverem necessidade de sorologia intravenosa ainda assim serão hidratados na UBS. Caso o quadro do paciente evolua, ai ele será encaminhado para a UPA Boa Esperança.

Bloqueio e prevenção – As ações de combate ao mosquito continuam nos bairros. Nesta quinta, (7), sexta-feira (8) e sábado (9), das 9 às 15 horas, a equipe de Controle e Combate a Dengue promove mutirão de controle a doença em Morrinhos. O local foi escolhido pelo aumento no numero de casos de uma semana para outra.

Na quinta-feira (7), o mutirão é realizado pelos agentes de controle de endemias e nos outros dois dias os agentes comunitários do bairro se juntam para ação conjunta. As equipes visitarão as residências e os imóveis especiais – escolas, creches, igrejas e locais com grande concentração de pessoas. Durante o mutirão serão realizados panfletagem e acompanhamento do dengue móvel. As equipes vão promover retiradas de criadouros, telagem de caixas d’ água e nebulização.

A população deve ser parceira nessa luta. É necessária toda vigilância em casa, na casa dos parentes, no condomínio, nos prédios e por todos os bairros. O munícipe pode denunciar focos de criadouros pela Ouvidoria Geral do Município 0800-773-7000 O disque dengue também é um canal aberto à população: 3341-6569.