X
Cotidiano

Guarujá assina auto de demarcação e abre caminho para regularização fundiária da Pedreira

Mais de 1.200 famílias serão beneficiadas pelo documento, assinado pelo prefeito nesta segunda; esta é a primeira etapa do processo de regularização fundiária do local, que propiciará títulos de propriedade, saneamento básico e energia elétrica regular

Prefeito Válter Suman assinou o documento nesta segunda-feira (22) / Divulgação/PMG

Mais de 1.200 famílias da Pedreira, na Enseada, em Guarujá, estão a um passo de conquistar o tão sonhado título de propriedade de suas moradias: o prefeito Válter Suman assinou, nesta segunda-feira (22), um auto de demarcação, etapa que transforma a área particular de 164 mil metros quadrados em terreno público para início do processo de regularização fundiária.

Com isso, abre-se caminho para a resolução de outros problemas crônicos do local, como a ausência de fornecimento regular de água, esgoto e energia elétrica. Agora, o documento será enviado para registro no Cartório de Registro de Imóveis, a fim de que a matrícula agora saia em nome da Prefeitura de Guarujá no prazo de 30 dias. A próxima etapa é providenciar o loteamento nessa região.

Para o prefeito Válter Suman, é uma grande conquista poder fazer com que essas famílias sejam enfim donas de seus imóveis e ainda recebam infraestrutura no local. "Queremos permitir que essas pessoas, que há mais 20 anos ocupam essa área, tenham acesso à água, esgoto e energia o quanto antes. Faremos o parcelamento desses lotes numa próxima etapa, a fim de contemplar essas famílias. Queremos plantar essa esperança no coração dessas pessoas", explica o prefeito.

O secretário de Habitação, Marcelo Mariano, comemora a conquista, que é alvo de reivindicações da comunidade há anos. "Hoje, essas famílias não têm acesso a esses benefícios. Mas, já no primeiro semestre do ano que vem, elas já poderão contar com muitas novidades".

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Desde 2017, Guarujá regularizou mais de 2.729 lotes

Desde 2017, a Prefeitura procedeu com a regularização fundiária de 2.729 lotes. A grande maioria, 2.372, está no bairro Morrinhos 3. Outros 357 são de Santa Cruz dos Navegantes.

Em setembro último, foi decretada pelo prefeito Válter Suman a regularização fundiária de mais três núcleos da Cidade, o Nova República II, DER e Vila Nova, o que, ao final do processo, somará mais 383 lotes regularizados a essa conta.

“Guarujá sofre demais, até hoje, com os efeitos do crescimento desordenado, que, ao longo de décadas, fez surgir diversos núcleos irregulares. Sendo assim, além da produção de unidades, a regularização fundiária é um instrumento essencial para mitigar o déficit habitacional do Município”, analisa o prefeito.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Mundo

Professor usa plataforma pornô para dar aulas de matemática

O taiwanês trabalhava há tempos no mercado de cursinhos, um ramo milionário em uma região marcada pela competitividade no ambiente educacional

Brasil

Bolsonaro participa da formatura de cadetes do Exército na Aman

Os 391 cadetes são do 4º ano da Turma Dona Rosa da Fonseca

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software