Guarujá apresenta proposta de reajuste de 5,3% a servidores

Propositura deve ser protocolada nesta quinta-feira (30) nos sindicatos

Comentar
Compartilhar
30 MAR 2017Por Da Reportagem19h20
Guarujá apresentou proposta de reajuste de 5,3% aos servidoresGuarujá apresentou proposta de reajuste de 5,3% aos servidoresFoto: Divulgação/PMG

Na contramão do cenário de crise e incerteza que paira sobre servidores municipais de cidades da Baixada Santista, o prefeito de Guarujá, Válter Suman, apresentou na última quarta-feira (29)  às presidentes dos sindicatos que representam os servidores públicos do Município proposta de 5,354% de reajuste salarial, próximo ao pedido pela categoria, de 6,28%.

Além disso, a Prefeitura propõe aumento no auxílio-alimentação (de R$ 575,00 para R$ 600,00); honrar o pagamento retroativo do abono salarial (1,9%) em quatro parcelas a partir da folha de abril; efetuar, até outubro deste ano, o pagamento de promoções horizontais, níveis e progressão funcional que representam um passivo deixado pela gestão anterior; depositar metade do 13º salário em junho deste ano, entre outros benefícios (ver quadro abaixo).

Embora a receita orçamentária tenha aumentado pouco mais de 2% no período, o prefeito determinou estudos para que fossem efetuados cortes possíveis em outras áreas, sem prejuízo do serviço público, a fim de garantir a valorização do funcionalismo.

“Sou servidor público, trabalhei durante 15 anos no antigo Programa de Internação Domiciliar (PID) e sei da dificuldade que muitas vezes o funcionário público enfrenta ao se deparar com condições extremamente difíceis no dia a dia de seu trabalho. O servidor precisa ser valorizado, e por isso determinei estudos que chegaram a essa proposta, que não é blefe: esse é o maior índice que podemos apresentar neste momento”, afirmou Suman.

Além do reajuste salarial e de benefícios, ficou acordado que outras cláusulas serão tratadas ao longo do ano por uma Comissão Permanente de Negociação, como a correção das tabelas, por exemplo. A Prefeitura tinha até 1º de abril para apresentar a proposta salarial, que será protocolada nesta quinta-feira (30) nos dois sindicatos que representam a categoria no Município.

Além do prefeito, participaram da reunião também o secretário de Coordenação Governamental, André Noschese Guerato; seu adjunto, Carlos Stephan; os secretários de Finanças e Administração, respectivamente Adalberto Ferreira da Silva e José Agnaldo Beghini de Carvalho; o controlador Geral do Município, Eduardo Busch; e as presidentes do Sindicato dos Funcionários Públicos da Prefeitura de Guarujá (Sindserv), Márcia Rute Daniel Augusto; e do Sindicato dos Professores de Escolas Públicas Municipais (Siproem), Joanice Gonçalves.

Proposta apresentada pela Prefeitura

Reajuste salarial – 5,354%

Auxílio-alimentação – de R$ 575,00 para R$ 600,00

Abono salarial (1,9%) – honrar o pagamento retroativo em quatro parcelas a partir da folha de abril (R$ 3.891.376,84)

Promoções horizontais, níveis e progressão funcional – pagamento até outubro de 2017 (em torno de R$ 5 milhões)

Auxílio para Aquisição e Manutenção de Uniforme – AAMU – de R$ 144,00 para R$ 150,00

Gratificação de Desenvolvimento e Estímulo Acadêmico – de R$ 518,00 para R$ 524,00

Plano de saúde – de R$ 94,00 para R$ 100,00

13º salário – pagamento da primeira parcela  em junho deste ano.