Cotidiano

Guarujá: acesso ao Mirante das Galhetas passará por melhorias e obras de contenção

Projeto contempla ainda a duplicação do único trecho em mão única da via

Da Reportagem

Publicado em 04/04/2022 às 16:15

Compartilhe:

Guarujá: acesso ao Mirante das Galhetas passará por melhorias e obras de contenção / Divulgação/ Prefeitura de Guarujá

As melhorias em diversas vias e pontos turísticos de Guarujá estão a todo vapor. A rua de acesso ao Mirante das Galhetas, Rua Doutor Roberto Vinhas, passará por obras de contenção no trecho onde hoje há um muro de contenção (próximo à última curva para acessar o mirante). Hoje, a Prefeitura de Guarujá prepara o processo licitatório para divulgação. A fase dois dessa recuperação contempla um convênio de R$ 2,5 milhões, por meio do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos (Dadetur), do Governo do Estado.

Com a execução de uma nova e moderna contenção, será possível realizar a duplicação do trecho em mão única da via, o que também está contemplado no projeto. Segundo a titular da Secretaria Municipal de Planejamento (Seplan), Polliana Iamonti, serão feitos ainda a correção da geometria da Rua Doutor Roberto Vinhas nesse ponto, além de pavimentação, guias e sarjetas, calçadas e sinalização. “O Mirante das Galhetas é um dos mais lindos pontos turísticos da Cidade, e recebe centenas de turistas todas as semanas. Com essa intervenção, serão oferecidos mais segurança e comodidade para todos os visitantes”, explica ela.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

A restauração da contenção existente oferecerá ainda melhor proteção contra infiltrações. Ainda serão executados os serviços de cortina atirantada, solo grampeado, drenagem e muro de arrimo. A previsão é de seis meses de obras.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Itanhaém

Homem é preso com drogas e arma em adega em Itanhaém

Ocorrência aconteceu na madrugada de terça-feira (23)

Cotidiano

Litoral de SP acorda com forte neblina nesta quarta-feira; entenda

Meteorologista explica a condição que é considerada natural

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter