X

TURISMO

Governo tem plano para vender passagem aérea a R$ 200, diz Márcio França

O programa será voltado para pessoas com salário de até R$ 6.800, segundo disse o ministro de Portos e Aeroportos

Uol/Folhapress

Publicado em 12/03/2023 às 21:40

Atualizado em 12/03/2023 às 22:02

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

A meta do projeto é ocupar lugares vagos nos aviões / Marcelo Camargo/Agência Brasil

O governo federal prepara um programa para vender passagens aéreas mais baratas para aposentados, funcionários públicos e estudantes. 

O programa será voltado para pessoas com salário de até R$ 6.800, segundo disse o ministro de Portos e Aeroportos Márcio França, em entrevista ao jornal Correio Braziliense. 

A meta do projeto é ocupar lugares vagos nos aviões, o que pode permitir a compra de passagens por R$ 200, disse França ao jornal. As pessoas que se enquadram nos requisitos do programa teriam direito a comprar duas viagens por ano -duas idas e duas voltas, cada perna por R$ 200. 

O plano não envolve subsidiar as passagens. A ideia é fazer um acordo com as companhias aéreas para a venda do espaço ocioso nas aeronaves, com intermediação do governo. França diz que acha difícil alguma companhia aérea não aceitar. O programa pode gerar a venda de até 15 milhões de passagens ao ano por R$ 200 cada, segundo cálculos da pasta. 

O ministro afirmou que o plano está montado, mas ainda precisa ser avaliado no governo. Segundo ele, o presidente Lula pediu mais passageiros e aeroportos no país, com mais voos de aviões de carreira.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Polícia

Homem que fazia 'delivery' de maconha é preso em flagrante em Mongaguá

'Disque Droga' funcionava no bairro Itaguaí e funcionava com divulgação nas redes sociais

Diário Mais

Siga 8 passos para tratar a piscina para evitar casos de dengue

Prática saudável da natação pode ser comprometida se medidas adequadas não forem adotadas para prevenir a proliferação do aedes aegypti

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter