X

Cotidiano

Governo determina que fãs de Taylor Swift entrem com garrafas de água em shows

Ordem foi do secretário nacional do consumidor, Wadih Damous, após orientação de Flávio Dino

Folhapress

Publicado em 18/11/2023 às 15:00

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Fãs da cantora Taylor Swift poderão entrar com garrafas de água nos shows / Reprodução

O Governo Federal, através da secretaria nacional do consumidor, determinou que a empresa Tickets For Fun (TF4) seja obrigada a permitir que fãs da cantora Taylor Swift entrem com garrafas de água nos shows que a americana fará neste fim de semana no Rio de Janeiro.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

A confirmação foi feita por Wadih Damous, secretário da pasta, em entrevista à CNN Brasil. "Já vamos encaminhar todas as notificações que precisam ser feitas. É o mínimo que a gente tenha que exigir água às pessoas. Isso não é favor", afirmou o executivo.

Damous criticou a proibição da entrada de água no estádio Nilton Santos por parte da produtora, e diz que, na sua opinião, isso fez a tragédia acontecer.

"Não sei qual o risco de entrar com uma água. Gerar um cenário como esse, uma morte de uma jovem por organização mal feita, precisa ter as regras repensadas", disse.

As reações acontecem após a morte de Ana Benevides, 23, estudante que passou mal na apresentação de Taylor na sexta-feira (17). Segundo o corpo de bombeiros do Rio de Janeiro, mais de mil pessoas passaram mal na apresentação de Taylor Swift por conta do calor na cidade.

A sensação térmica no estádio Nilton Santos, local do espetáculo, chegou a 60 graus. Ana Benevides começou a passar mal após ouvir "Cruel Summer", a segunda música do setlist da The Eras Tour, turnê que a cantora americana trouxe para o Brasil. Após duas paradas cardíacas, ela morreu.

A informação foi confirmada por Daniele Melin, amiga de Ana Clara que estava com ela no show.

"Na segunda música ela simplesmente desmaiou. Aí tiramos ela com ajuda dos seguranças e corremos pro postinho de apoio no estádio, e lá eles atenderam ela, e encaminharam pra ambulância", lembra Daniele.

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Mundo

Milei recebe faixa e faz primeiro discurso como presidente da Argentina

O ultraliberal disse que começa uma nova era no país e comparou sua eleição à queda do muro de Berlim

Cubatão

Fogo em caminhão-tanque é controlado na Anchieta, mas trecho da rodovia segue interditado

Descida é permitida apenas pelas pistas norte da Anchieta e pistas Sul da Imigrantes

©2023 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software