Governo de SP renovará auxílio moradia para mais mil famílias da Baixada Santista

A medida beneficia um total de 1.070 famílias, das cidades de Santos e Guarujá, que ficaram desabrigadas depois da forte chuva que atingiu a região em março de 2020

Comentar
Compartilhar
18 FEV 2021Por Da Reportagem13h30
Famílias atingidas pelo deslizmento, em Guarujá, continuarão recebendo auxílioFamílias atingidas pelo deslizmento, em Guarujá, continuarão recebendo auxílioFoto: Daniel Villaça/DL

O Governador João Doria assinou, nesta quinta-feira (18), o termo de autorização para renovação dos convênios de Auxílio Moradia Emergencial (AME) em vigor na Baixada Santista. A medida beneficia um total de 1.070 famílias, das cidades de Santos e Guarujá, que ficaram desabrigadas depois da forte chuva que atingiu a região em março de 2020. Outras 90 famílias de Guarujá também passarão a receber o benefício.

"Quero dar uma boa notícia. Vamos estender o auxilio emergencial, que terminaria agora em março, por mais um ano, até março de 2022. Vamos atender as pessoas que mais precisam. É um gesto humanitário do Governo do Estado de São Paulo", destacou o Governador João Doria.

O Auxílio Moradia Emergencial (AME) é destinados a 600 famílias do Guarujá e outras 470 de Santos, vítimas das chuvas. O valor do AME é de R$ 300,00 e os municípios complementam com mais R$ 300,00, totalizando R$600,00 que devem ser utilizados para pagamento de aluguel.

No total, serão destinados mais de R$ 4 milhões ao pagamento dos benefícios. Os convênios, pertencente à Secretaria de Estado da Habitação e operacionalizado pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), serão renovados pelo período de 12 meses.

A definição das famílias beneficiadas foi realizada pelas prefeituras, que realizaram os levantamentos junto aos desalojados e repassaram os nomes à CDHU. Os convênios garantem moradia digna e segura a essa população, que anteriormente residia em áreas de risco e acabou sendo vítima dos deslizamentos de terra ocorridos no último ano.

Novos beneficiários

O Governador anunciou ainda a celebração de um novo convênio, para concessão de auxílio moradia provisório a 90 novas famílias que viviam em uma área de expansão portuária pertencente à Secretaria de Patrimônio da União no município de Guarujá. Os moradores foram vítimas do incêndio ocorrido neste mês de fevereiro na área conhecida como comunidade da Prainha.

Com a inclusão dos novos moradores, um total de 1.160 famílias passam a ser beneficiadas pelos programas de auxílios da CDHU na Baixada Santista.