Governo brasileiro condena morte de civis em atentado da Síria

O governo brasileiro pede mais empenho da comunidade internacional para por fim à violência na região.

Comentar
Compartilhar
16 JAN 201320h05

O governo brasileiro condenou hoje (16) o ataque à Universidade de Alepo, segunda maior cidade da Síria, que deixou pelo menos 80 civis mortos, inclusive estudantes.

“O Brasil estende sua solidariedade a todos aqueles afetados por esse ato hediondo e reafirma ser fundamental que haja um processo independente de investigação, de modo a identificar e responsabilizar os culpados”, diz a nota divulgada pelo Ministério das Relações Exteriores – Itamaraty.

No comunicado, o governo brasileiro pede mais empenho da comunidade internacional para por fim à violência na região.

“A violência na Síria compromete o futuro do país. O governo brasileiro conclama o secretário-geral das Nações Unidas, o Conselho de Segurança das Nações Unidas e toda a comunidade internacional a redobrar seus esforços diplomáticos com vistas a por fim à violência na Síria por meio de uma solução respaldada pelo sistema multilateral”.