Genro e porta-voz de Bin Laden é capturado na Jordânia

Segundo o republicano King, Ghaith participou do planejamento dos atentados de 11 de Setembro de 2001 contra o World Trade Center e o Pentágono

Comentar
Compartilhar
07 MAR 201315h08

O genro e porta-voz de Osama bin Laden foi capturado por funcionários de inteligência dos Estados Unidos, informou o deputado Peter King nesta quinta-feira (7), afirmando que a ação foi uma "vitória muito significativa" na luta contra a Al-Qaeda.

King disse que a CIA e o FBI foram responsáveis pela captura de Sulaiman Abu Ghaith na Jordânia na semana passada. Ele afirmou que a prisão foi confirmada a ele por agentes norte-americanos. Segundo o republicano King, Ghaith participou do planejamento dos atentados de 11 de Setembro de 2001 contra o World Trade Center e o Pentágono.

"Definitivamente, um a um, estamos capturando os altos escalões da Al-Qaeda", afirmou King. "Eu dou ao governo (Obama) o crédito por isso; (as operações) são constantes, implacáveis e muito bem sucedidas."

O jornal turco Hürriyet informou que Ghaith foi detido quando estava de passagem pela Jordânia, a caminho do Kuwait, pouco depois de sair de Turquia. De acordo com o jornal, Ghaith foi levado sob custódia mais de um mês atrás, quando estava num luxuoso hotel de Ancara, a capital turca. Mas autoridades turcas concluíram que ele não havia cometido qualquer crime na Turquia e o libertaram.

Em Ancara, funcionários turcos se recusaram a confirmar a deportação de Ghaith ou sua captura na Jordânia. Em Amã, a capital Jordaniana, um funcionário de segurança disse não ter informações da prisão realizada pela CIA no país. Funcionários da inteligência em Washington não responderam os pedidos de informações sobre Ghaith. As informações são da Associated Press