Gelateca é entregue em escola da Área Continental

Geladeira transformada em biblioteca foi a primeira doada pelo Lions Clube de São Vicente; outras estão caminho

Comentar
Compartilhar
03 MAR 2021Por Da Reportagem16h04
Além de estimular a leitura, a proposta contribui para o meio ambienteAlém de estimular a leitura, a proposta contribui para o meio ambienteFoto: Divulgação/PMSV

O refeitório da EMEF Leonor Guimarães Alves Stoffel, no Samaritá, ganhou uma geladeira diferente na manhã desta quarta-feira (3). Adaptada para servir como biblioteca, a gelateca doada pelo Lions Clube de São Vicente vai alimentar a imaginação das crianças matriculadas na unidade, que atende 820 alunos do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental.

Além de estimular a leitura, a proposta contribui para o meio ambiente, com o reaproveitamento de uma estrutura que seria descartada como sucata.

A ideia da instalação na EMEF partiu da professora Maria Inêz de Souza Bezerra. Ela conta que sentia falta de um acervo de títulos para as turmas do 5º ano. “Sempre conversei sobre educação com minha dentista, Denise Gatti, e comentei sobre a vontade de oferecer mais livros para os alunos na escola onde atuo”. Companheira do Lions, a dentista gostou do conceito e lançou o projeto, preenchendo uma lacuna da escola, que não dispunha de biblioteca e agora conta com dezenas de publicações de diversos gêneros.

A parte externa da geladeira recebeu a arte do grafiteiro Nill (Nilson Ferreira Junior), que há mais de duas décadas assina obras em ambientes urbanos de São Vicente, onde mora há 25 anos.

Esta foi a primeira gelateca doada pelo clube de servir, que pretende expandir o projeto para outras escolas. “Temos mais uma geladeira pronta e já recebemos outras quatro, que serão customizadas”, detalhou o presidente do Lions Clube de São Vicente, Fabiano Cutino. O equipamento irá atender não apenas aos alunos, mas também à comunidade escolar.

Doações – O Lions Clube de São Vicente aceita doações de geladeiras inutilizadas e de livros paradidáticos para preparar as futuras gelatecas. O contato pode ser feito diretamente na sede do distrito, na Praça Vitória da Conquista, 5 (Vila São Jorge), ou pelas redes sociais do clube de servir.