GCM participa de evento no hangar da PM em Praia Grande

Crianças de entidade de Santos conheceram mais sobre corporações.

Comentar
Compartilhar
07 DEZ 201216h43

 

A Guarda Civil Municipal de Praia Grande participou nesta sexta-feira (7) do evento realizado na base de Radiopatrulhamento Aéreo da Polícia Militar de Praia Grande para 30 crianças atendidas pela Associação Beneficente Mãos Entrelaçadas, de Santos.
 
A base, localizada no bairro Mirim, costuma receber visitas agendadas de escolas e entidades, nas quais as crianças conhecem os equipamentos de salvamento utilizados no Helicóptero Águia, entre outros procedimentos. O objetivo é aproximar as crianças das instituições ligadas à segurança pública.
 
Entretanto, pela primeira vez, a Guarda Civil Municipal foi convidada a participar de uma dessas visitas, assim com o Corpo de Bombeiros. Integrantes da Guarda Ambiental, do Canil e do GAPE (Grupo de Apoio à Cidadania e Prevenção à Violência nas Escolas) mostraram para as crianças como funciona cada um dos segmentos da corporação e, no caso do Canil, ainda fizeram uma demonstração dos treinos com os cães. Já a Guarda Ambiental levou um barco utilizado em operações nos mangues para que as crianças tirassem fotos.
 
Para o comandante do Radiopatrulhamento Aéreo, Maurício Rocha de Oliveira, esse tipo de evento é importante para desfazer certos rótulos. “Muitas vezes, essas crianças crescem ouvindo que policial só castiga. Além disso, queremos despertar nelas a vontade de seguir a carreira”. As crianças puderam ainda conhecer o funcionamento do Helicóptero Águia.
 
A presidente da Associação Beneficente Mãos Entrelaçadas, Maria Eliane Rocha Gouveia, contou que a entidade fica na Zona Noroeste de Santos, em uma área bastante carente. “A violência faz parte da vida de algumas dessas crianças. Estar aqui hoje pode mudar a vida deles”.