Furtos levam à reposição de mais de 320 tampas de ferro em quatro meses em Santos

O serviço tem se intensificado, principalmente, devido aos recorrentes furtos destes materiais que, assim como fios de cobre e outros metais, são alvos constantes de atos de vandalismo

Comentar
Compartilhar
15 MAI 2019Por Da Reportagem18h28
Dentre as peças substituídas estão tampas de poços de visita, bocas de lobo, também conhecidos como bueirosFoto: Divulgação/PMS

Mais de 320 tampas de ferro foram substituídas de janeiro a abril em diversos pontos da Cidade. O serviço tem se intensificado, principalmente, devido aos recorrentes furtos destes materiais que, assim como fios de cobre e outros metais, são alvos constantes de atos de vandalismo. 

Dentre as peças substituídas estão tampas de poços de visita, bocas de lobo, também conhecidos como bueiros, e de caixas de passagem, localizados nas calçadas para a fiação subterrânea.

Para inibir os atos, a Secretaria de Serviços Públicos tem optado por peças em concreto. De acordo com a titular da pasta, Fabiana Pires, o valor gasto com reparos de atos de vandalismo tem sido crescente. "Além dos fios de cobre e outras peças metálicas, agora temos visto furto de peças de ferro. O gasto estimado da Prefeitura é de R$ 40 mil reais por ano para reposição de peças furtadas, um valor que poderia ser investido em outras melhorias para os munícipes".

A Prefeitura orienta que, ao verificar locais sem tampa ou com outros tipos de risco aos pedestres ou motoristas, a ocorrência deve ser registrada na Ouvidoria, Transparência e Controle, pelo número 162. Também é possível comunicar diretamente na Prefeitura (Centro) de segunda a sexta, das 8h às 18h, ou pelo Santos Portal www.santos.sp.gov.br/ouvidoria.

Colunas

Contraponto