‘Furo’ na população

Comentar
Compartilhar
23 FEV 2017Por Da Reportagem16h43
Prefeitura de CubatãoFoto: Matheus Tagé/DL

A prefeitura de Cubatão anunciou coletiva de imprensa na manhã de hoje, porém, o Diário do Litoral se viu impedido de participar. Explicação é a exposição prévia da informação que deveria ter sido anunciada oficialmente pelo prefeito Ademário Oliveira a todos os veículos de comunicação conjuntamente.

O Diário do Litoral entende que a ação dos membros da prefeitura, privilegiando a informação pública escancara predileção – o que de maneira alguma pode ocorrer dentro do poder público – e determina medida excludente e antidemocrática em relação aos demais veículos de comunicação.

O Dl deixa claro que o furo de reportagem é feito em cima de assuntos que não os oficiais. Estes devem ser passados, de igual maneira, a todos os órgãos de imprensa, sem privilégios.

O esclarecimento do Dl se faz necessário em consideração a nossos leitores, principalmente os que residem em Cubatão e que acabaram ficando sem a informação através do Diário do Litoral. Esses, merecem nossas explicações pois já enfrentam condignamente os reflexos de uma crise sem precedentes no País. Crise esta que, lamentavelmente, atingiu Cubatão com tamanho impacto.

O Dl já enfrentou situação parecida em outras cidades e sempre se posicionou pela justa informação democrática, posição que assume e vai manter sempre que necessário, independentemente de Governos.