Cotidiano

Fundo Social de Solidariedade recebe conjuntos de absorventes íntimos em Cubatão

Ação destaca o Dia Internacional da Higiene Menstrual

Da Reportagem

Publicado em 29/05/2022 às 10:00

Compartilhe:

Divulgação/PMC

Lembrando que neste sábado (28) se registrou o Dia Internacional da Higiene Menstrual, um grupo de voluntárias reuniu conjuntos de absorventes íntimos que foram doados pela comunidade, sendo 31 desses conjuntos doados ao Fundo Social de Solidariedade. Também foram beneficiados o Centro Pop e o Lar de Acolhimento.

O grupo – que atua com a vereadora cubatense licenciada Maria Jaqueline da Silva (Jaque Barbosa), jornalista com destacada atuação em projetos sociais –, é formado por Ana Paula Escalante dos Santos (assessora parlamentar de Comunicação), Elaine Aparecida Ramos Sales (assessora de Políticas para Mulheres) e Valquíria Carvalho Araújo (assessora de políticas de governo). Elas estiveram no dia 27/5 nas instalações do Fundo Social, no Parque Anilinas, para formalizar a doação, que foi entregue à presidente da entidade, Luciene Doldán, para destinação às famílias mais socialmente vulneráveis do Município.

Data – Dedicada à conscientização sobre a importância da higiene menstrual, a data foi criada pela ONG alemã Wash United como forma de promover a educação feminina quanto à importância de se realizar uma higiene mais cuidadosa durante o período menstrual.

A escolha do dia foi feita em ligação direta com a simbologia do ciclo menstrual: o dia 28, considerando a média de dias de um ciclo, e o quinto mês do ano, maio, em função da média de dias de cada um desses ciclos.

O objetivo é quebrar o silêncio sobre assuntos relacionados à menstruação e melhorar o acesso a instalações sanitárias e absorventes higiênicos nos países em desenvolvimento. Dados da Unesco indicam que no continente africano 10% das meninas perde aulas durante o período menstrual;que no Nepal rural as pessoas menstruadas são obrigadas a dormir em galpões separados nesses períodos; na Índia, cerca de 80% das meninas usam panos gastos no lugar de absorventes apropriados.

Disso resulta uma série de tabus e inseguranças que as mulheres enfrentam deste a menarca (a primeira menstruação) até a menopausa (quando deixam de menstruar), além de infecções vaginais causadas pelo uso de produtos inadequados para higiene íntima nesses dias. Em muitos países, as próprias mulheres usam expressões pejorativas para se referir a esse período mensal (por não conhecerem o significado negativo desses termos), e inúmeras sofrem com dores e desconfortos que poderiam ser evitados.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Santos

Cidade do litoral de SP recebe evento sobre Cannabis Medicinal; veja a programação

Discussão ao longo dos anos vem ganhando corpo e a importação foi autorizada no Brasil há mais de 8 anos pela Anvisa

Diário Mais

Conheça a formidável ilha no litoral de SP onde você pode não sair com vida

Acesso ao local é proibido pelo risco constante de "acidentes fatais"

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter