Frequentadores se queixam de mal cheiro na orla de PG

Vazamento de esgoto na faixa de areia nas praias da Aviação e Vila Tupi incomoda frequentadores

Comentar
Compartilhar
20 FEV 201314h38

Não fosse pelo mal cheiro que se instalou na orla de Praia Grande, uma das cidades mais procuradas por turistas, na Baixada Santista, o Município teria algumas das praias mais atrativas da Região. Nas últimas semanas, frequentadores e comerciantes se queixaram do odor de esgoto oriundo das redes de estravazadores, na faixa de areia, localizados na altura das ruas Pero Vaz de Caminha, no bairro da Aviação, e Potiguares, na Vila Tupi.

O aposentado Antonio Morano, morador do bairro Tupi,  afirmou que sente o mal cheiro há cerca de três meses, no local, e que é bastante incômodo. “A Prefeitura deveria descobrir de onde vem esse esgoto e limpar porque nos dias de sol o cheiro fica muito pior”. Já o arrendatário de um quiosque, Enoque Vieira Ramos, acredita que o odor está prejudicando seus negócios. “Eu acho que estou perdendo a freguesia por causa desse cheiro. Está prejudicando o movimento. O cheiro incomoda bastante”, disse ele lembrando que o problema já persiste há anos.

Enoque disse ainda que a Prefeitura realiza a limpeza do local, mas não soube precisar se o trabalho é feito regularmente. Na faixa de areia, a água que desce pelos extravazadores e segue para o mar é escura e suja. Uma das valas fica próxima a um emissário, instalado na Vila Tupi, conforme verificou nossa equipe de reportagem.

Requerimento

Considerando crime ambiental, com base na Constituição Federal, o vereador Artur Pedro da Silva Junior (PTB), apresentou requerimento na Câmara Municipal, denunciando o despejo de esgoto “in natura” nas praias da Aviação e Tupi.

“Trabalhamos tanto para eliminar o esgoto da praia, mostrarmos que somos uma cidade organizada, portanto não podemos de forma alguma aceitar que este crime contra o meio ambiente esteja acontecendo”. O vereador lembrou ainda que existem dois emissários submarinos para a destinação do esgoto. Um emissário está situado no bairro do Forte e outro, na Vila Tupi.

Resposta

A Prefeitura de Praia Grande informou, em nota, que “a Secretaria de Serviços Urbanos (Sesurb) está realizando serviços de manutenção na rede de extravazadores, na altura das Ruas Pero Vaz de Caminha, no Bairro Aviação e Rua Potiguares, no Bairro Tupi. Os serviços deverão durar três dias úteis.

A Sesurb pede paciência aos moradores e frequentadores da praia nestes trechos, mas para realizar os serviços é necessário, muitas vezes, reduzir a capacidade de captação da rede, o que ocasiona o lançamento das águas na faixa de areia da praia”. A resposta da Prefeitura foi enviada pela assessoria de imprensa, na última sexta-feira.