Frente fria mais forte do ano atinge a Baixada Santista nesta semana

Grande e forte massa de ar frio de origem polar vai trazer chuva, raios, ventos fortes e queda da temperatura; hipotese de ressaca não está descartada

Comentar
Compartilhar
01 JUL 2019Por Da Reportagem18h00
A grande e forte massa de ar frio de origem polar vai derrubar a temperatura em todos os estados brasileiroFoto: Rodrigo Montaldi/Arquivo DL

Uma grande e forte frente fria vai trazer chuva, raios, ventos fortes e queda da temperatura para a Baixada Santista. Muito provavelmente será a mais intensa de 2019. O mar fica muito agitado entre os dias 4 e 8 de julho e não se pode descartar o risco de ressaca. O frio chega intenso para a fazer a temperatura ficar abaixo de zero em algumas áreas da Região Sudeste do Brasil. Há risco de geada. As informações são do ClimaTempo.

Para esta terça-feira (2), no entanto, a previsão ainda é de dia seco e quente. Nuvens altas se espalham sobre o Estado de São Paulo. As áreas de instabilidade da grande frente fria começam a provocar chuva sobre a cidade São Paulo durante a quarta-feira (3), mas ainda não chove em em todo o estado. 

É durante a quinta (4) e a sexta-feira (5) que o tempo muda de vez, com previsão de chuva e ventos moderados a fortes por todo o estado. A temperatura máxima cai muito na sexta-feira. O ar muito gelado de origem polar se espalha sobre São Paulo nos dias 6 e 7 de julho, com risco de geada e temperatura perto de 0°C e até negativa no interior. Temperaturas abaixo de 10°C devem ser observadas de forma generalizada.

A grande e forte massa de ar frio de origem polar vai derrubar a temperatura em todos os estados brasileiros. Recordes de temperatura poderão ser batidos em todas as capitais.

A previsão deste resfriamento extremamente forte na primeira semana de julho não muda a previsão de que o inverno de 2019 terá poucos eventos de frio e talvez só tenhamos um com esta força este ano. 

Colunas

Contraponto