X
Cotidiano

Fórum Metropolitano debate acessibilidade da pessoa com deficiência

O encontro contou com a palestra do secretário Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Marco Antônio Pellegrini

Cerca de cem pessoas de diversas regiões do Estado debateram questões referentes à habilitação, reabilitação e acessibilidade / Divulgação/PMS

O Fórum Metropolitano de Direitos Humanos de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência, relizado nesta sexta-feira (23), reuniu no Museu Pelé, no Centro de Santos, cerca de cem pessoas de diversas regiões do Estado para debate de questões referentes à habilitação, reabilitação e acessibilidade.

O encontro contou com a palestra do secretário Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Marco Antônio Pellegrini, que abordou temas como tecnologia voltadas a acessibilidade, equiparação de oportunidades profissionais (cotas), Classificação Internacional de Funcionalidades (CIF) e os desafios de se implementar as novas políticas desenvolvidadas para esse público. "As pessoas com melhores condições financeiras sentem menos o impacto que a deficiência pode proporcionar, pois elas têm maior acesso à informação, tecnologias e oportunidades, diferente dos menos favorecidos. Nosso desafio é popularizar para que a acessibilidade esteja disponível para todos", afirmou o secretário. "Já foram muitas as conquistas. Hoje podemos perceber que a pessoa com deficiência participa de um cenário de maior protagonismo, autonomia e empoderamento. Mesmo assim, ainda temos muito trabalho e muito a alcançar".

Para o secretário de Desenvolvimento Social, Flávio Ramirez Jordão, o fórum é uma grande conquista para a região, já que proporcionou um rico espaço de discussão sobre temas atuais pertinentes a pessoa com deficiência, além de ter reunido público de várias cidades. "Tivemos participantes de Caraguatatuba, Peruíbe, Praia Grande, São Vicente, Barueri e Guarujá. Em Santos, tivemos muitos avanços com ações, projetos e políticas para este público, mas também é importante uma discussão frequente sobre o assunto, pois, amplia o conhecimento e ajuda na elaboração de novas propostas".

O fórum contou também com a atleta paraolímpica santista Vanessa Cristina de Souza, a jornalista Cláudia Duarte e do surfista Picuruta Salazar. O evento foi organizado pela Secretaria de Desenvolvimento Social, por meio da Coordenadoria de Políticas para a Pessoa com Deficiência.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Esportes

João Paulo para Gabriel, Santos bate Flamengo no Maracanã e afasta o rebaixamento

Com o resultado, o Santos alcançou os 49 pontos, em 11º lugar, enquanto o Flamengo, vice-líder, permanece com 71 pontos

Esportes

Athletico empata com Palmeiras, escapa de queda e se concentra na Copa do Brasil

O Furacão teve mais trabalho do que esperava nesta segunda (6), mas conseguiu diante dos reservas do Palmeiras um empate que o livra do risco de ser rebaixado no Campeonato Brasileiro.

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software