Fortaleza da Barra Grande, em Guarujá, completa 438 anos neste domingo

Monumento foi construído no século XVI, durante a unificação das coroas portuguesa e espanhola

Comentar
Compartilhar
24 JAN 2021Por Da Reportagem08h00
onumento foi construído no século XVI, durante a unificação das coroas portuguesa e espanhola, com o intuito de proteger a então Vila de Santos, e o Porto de Santos dos ataques de invasoresFoto: DIVULGAÇÃO/PMG

A Fortaleza de Santo Amaro da Barra Grande, em Guarujá, completa 438 anos de sua construção neste domingo (24). Para celebrar a data, a Secretaria Municipal de Cultura (Secult) preparou uma apresentação de cordel para o público, que será realizada pelo cordelista Ivan Di Ferraz. Em razão da pandemia da Covid-19, a narrativa será virtual através da página oficial da Secult no Facebook: @culturaguaruja, com início previsto para as 9 horas.  

“A Fortaleza da Barra Grande é um patrimônio cultural que tem um grande valor histórico para a região. Celebrar essa data, mesmo que virtualmente, é de grande importância para lembrarmos e refletirmos sobre o que ali ocorreu e o que isso representa”, pontua o Secretário de Cultura.

O monumento foi construído no século XVI, durante a unificação das coroas portuguesa e espanhola, com o intuito de proteger a então Vila de Santos, e o Porto de Santos dos ataques de invasores. Na fortificação funciona o Museu Fortaleza da Barra, que tem como objetivo resgatar a identidade e a memória da população  local e da Cidade.

Foi reconhecido em 1964 como Patrimônio Histórico Nacional pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Atualmente é administrada pela Prefeitura de Guarujá, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, em consonância com o Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico (CONDEPHAAT) e com o IPHAN. 

Conjunto de Fortificações do Brasil

A Fortaleza da Barra Grande passou a concorrer ao título de Patrimônio Cultural da Humanidade, pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), em 2019, para fazer parte do Conjunto de Fortificações do Brasil, representando o Estado de São Paulo junto com o Forte São João, em Bertioga, que também concorre ao título. Atualmente 19 fortalezas da costa brasileira, fazem parte Conjunto de Fortificações do Brasil.