Força-tarefa realiza poda em árvore de 30 metros na Vila Júlia

Fornecimento de energia foi suspenso por segurança durante os trabalho e será interrompido hoje novamente pela Elektro

Comentar
Compartilhar
11 JAN 201321h23

Uma força-tarefa sob orientação da Diretoria de Defesa Civil de Guarujá realiza desde ontem a poda de galhos de uma árvore de aproximadamente 30 metros de altura, na Rua Oriel Fidalgo, na Viela da Árvore, região do Jardim Três-Marias-Vila Júlia, em Guarujá. Os trabalhos estão sendo realizados pela Defesa Civil em conjunto com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Corpo de Bombeiros, Secretaria de Obras, Fábrica de Blocos, Terracom e Elektro.

O diretor da Defesa Civil de Guarujá, Ademir Altman, explicou que foi necessária a mobilização de todos esses profissionais, pois se trata de uma árvore de 30 metros de altura, cujos galhos pesam cerca de uma tonelada cada um.

Altman explicou ainda que os trabalhos de poda estão sendo realizados a pedido dos moradores locais que temem pela queda dos galhos sobre suas casas. Segundo Altman, a medida é preventiva para minimizar os riscos de acidentes, principalmente considerando as chuvas fortes de verão.

Altman garantiu que a árvore, aparentemente centenária, não será removida, apenas a galharia que oferece risco iminente está sendo retirada. Os trabalhos iniciaram por volta das 9 horas de ontem e prosseguiram ao longo do dia.

Para a condução dos trabalhos com segurança, a Elektro suspendeu o fornecimento de energia elétrica para 20 moradias durante o dia de ontem, mas o fornecimento retornou após o término da operação, no início da noite. O fornecimento de energia terá que ser novamente suspenso hoje até a conclusão dos trabalhos pela força-tarefa.

Segundo o diretor da Defesa Civil, os galhos da árvore cuja altura corresponde a um prédio de seis andares, ofereciam risco para pelo menos 13 residências baseadas num raio de 40 metros da árvore. Em reunião no local, Altmam recomendou às famílias que deixassem as casas esclarecendo sobre os riscos, mas elas se recusaram. No entanto, de acordo com Altman, colaboraram com a força-tarefa na operação de poda e remoção dos galhos.

Altman ressaltou que o serviço de poda de árvores é tarefa da Secretaria de Meio Ambiente e não da Defesa Civil, porém excepcionalmente a Defesa Civil está coordenando os trabalhos devido ao risco às moradias do entorno da árvore. Os trabalhos prosseguem na manhã de hoje, a partir das 8 horas, sem previsão para término.

Serviço

Podas de árvores devem ser comunicadas à Secretaria Municipal de Meio Ambiente pelo telefone 3308-7885, de segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas.