SABESP AGOSTO MOB

Fiscais de Guarujá vão usar tablets para agilizar o trabalho de fiscalização

Equipamento substitui o preenchimento manual do talonário de papel e possibilita identificar contribuintes por meio de geolocalização

Comentar
Compartilhar
28 JUL 2020Por Da Reportagem21h10
No momento, as equipes passam por treinamento e os primeiros testes já estão sendo feitosFoto: Divulgação/PMG

Os fiscais da Prefeitura de Guarujá vão contar com uma nova tecnologia para agilizar o trabalho de fiscalização na Cidade.  Até o final de agosto, eles começam a utilizar tablets durante as vistorias. No momento, as equipes passam por treinamento e os primeiros testes já estão sendo feitos.

O projeto prevê 150 tablets. Os equipamentos substituem o preenchimento manual do talonário de papel e possibilitam identificar contribuintes mobiliários ou imobiliários (pessoas que possuem comércio ou imóveis na Cidade), por meio de geolocalização (GPS e Geoprocessamento); proporcionando uma maior consistência dos dados.

O computador portátil exibe uma lista de cadastros mobiliários em um lote para seleção e agiliza o preenchimento da notificação sem necessidade de digitação de códigos ou nomes. Os dados fiscais dos contribuintes são apresentados na tela e podem ser processados em tempo real.

"É um ganho enorme para a fiscalização, pois possibilita uma maior celeridade ao trabalho. O sistema é totalmente informatizado trazendo modernidade e transparência para a fiscalização no Município", afirmou o diretor de Operações Especiais e Fiscalização de Taxas, Ricardo Tobar.

Outra novidade, é que por meio do tablet é possível a inserção de fotos digitais vinculadas à ocorrência, e a notificação pode ser encaminhada ao responsável por email, via WhatsApp ou impressa na hora, por meio de uma impressora portátil, reduzindo os custos com os Correios.