Fipe: relação etanol/gasolina diminui para 63,33% na 2ª semana em SP

A expectativa da Fipe é que permaneça vantajoso para o consumidor paulistano continuar abastecendo com álcool combustível nos próximos meses, devido ao início da safra de cana-de-açúcar

Comentar
Compartilhar
17 ABR 201513h55

A relação entre o preço do etanol e da gasolina diminuiu na segunda semana de abril na cidade de São Paulo. De acordo com a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), a equivalência entre o valor dos dois combustíveis atingiu 63,33% no período, depois de um resultado de 64,81% na primeira semana do mês, influenciado pelo excesso de estoque. O resultado ficou abaixo do apurado na segunda semana de 2014, quando foi de 71 21%.

A expectativa da Fipe é que permaneça vantajoso para o consumidor paulistano continuar abastecendo com álcool combustível nos próximos meses, devido ao início da safra de cana-de-açúcar. "Os preços não tiveram grandes oscilações, com etanol caindo contrariando a sazonalidade. Com entrada da colheita, devem continuar cedendo", estimou o coordenador do Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da Fipe, André Chagas. "Tudo indica que essa relação deve continuar no menor nível dos últimos cinco anos", completou.

No IPC-Fipe, os preços do etanol tiveram queda de 2,64%, enquanto a gasolina cedeu 0,18% na segunda quadrissemana de abril (últimos 30 dias terminados na quarta-feira, 15), levando o grupo Transportes para uma alta de 0,05% (ante 0,06%). O IPC, por sua vez, teve inflação de 0,88%, ante 0,68% na primeira leitura do mês.

A relação entre o preço do etanol e da gasolina diminuiu na segunda semana de abril na cidade de São Paulo (Foto: Divulgação)

Para especialistas, o uso do etanol deixa de ser vantajoso em relação à gasolina quando o preço do derivado da cana-de-açúcar representa mais de 70% do valor da gasolina. A vantagem é calculada considerando que o poder calorífico do etanol é de 70% do poder da gasolina. Com a relação entre 70% e 70,50%, é considerada indiferente a utilização de gasolina ou etanol no tanque.