Fiéis visitam local onde papa emérito mora provisoriamente

Os fiéis fizeram vigília na tentativa de ver Bento XVI, que ficará no local apenas por dois meses

Comentar
Compartilhar
04 MAR 201311h28

Fiéis de várias nacionalidades se reuniram nesse domingo (3), nos arredores de Castel Gandolfo (residência oficial dos papas), para homenagear o papa emérito Bento XVI, que renunciou ao pontificado no último dia 28. Castel Gandolfo fica a cerca de 30 quilômetros do Vaticano. Os fiéis fizeram vigília na tentativa de ver Bento XVI, que ficará no local apenas por dois meses,depois passará a morar no Mosteiro Mater Ecclesiae, no Vaticano.

O padre Pietro Diletti disse que os fiéis rezaram por Bento XVI e pela Igreja. O religioso contou que se reuniu uma vez, no café da manhã, com o papa emérito. Segundo o padre, Bento XVI fez várias perguntas sobre o interesse dos fiéis, o comportamento e suas dúvidas. Para Diletti, essas questões demonstram a atenção e delicadeza de Bento XVI.

Ontem, na Praça São Pedro, na qual os fiéis se reúnem nos dias de celebração do papa, houve silêncio e poucas pessoas circulando. Foi o primeiro domingo de sé vacante (período sem papa). Raros fiéis estiveram no local e rezaram sob a janela fechada do apartamento papal, no Palácio Apostólico.

O Castel Gandolfo fica a cerca de 30 quilômetros do Vaticano (Foto: Divulgação)