X

Cotidiano

Famílias garantem registro da casa própria em Guarujá

Moradores de Morrinhos que esperavam há décadas pelo registro de seus imóveis assinaram documento que garantirá título de legitimação fundiária

Da Reportagem

Publicado em 14/09/2018 às 16:00

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Cerca de 20 pessoas da Cidade assinaram os documentos de seus imóveis / Divulgação/PMG

"Eu tinha até medo de sair de casa e não poder voltar nunca mais. Agora sim, depois de 23 anos, vou ter a segurança de ter de fato o registro de minha casa, que poderei deixar para os meus filhos".

A frase é da varredora de rua Cláudia Souza Silva, de 41 anos, que assinou nesta quinta-feira (13), no Gabinete do Paço Municipal Moacir dos Santos Filho, o documento que garantirá o título de legitimação fundiária de sua casa, em Morrinhos 3.

Assim como Cláudia, outras cerca de 20 pessoas desta região da Cidade também assinaram os documentos de seus imóveis, em reunião conduzida pelo prefeito Válter Suman, o secretário de Habitação, Marcelo Mariano, e o diretor de Regularização Fundiária, Nelsomar Guedes Coutinho.

"Esses imóveis tinham inconsistências na documentação, e descobrimos esses problemas depois de fazer um pente fino feito no bairro. Agora esse documento será registrado em cartório, e dentro de 30 dias essas famílias poderão ter o título de legitimidade de suas casas", afirma Mariano.

Segundo Nelsomar, elas se juntarão a mais de 400 famílias desses bairros que, até janeiro do próximo ano, também terão acesso aos títulos. Desde setembro do ano passado, a Prefeitura de Guarujá entregou mais de 1.200 títulos em três cerimônias realizadas em Morrinhos.

"Muda tudo sabermos que agora somos de fato donos de nosso chão. Estamos muito felizes, é um momento esperado há pelo menos 30 anos", disse Agostinho Moreira Diniz, de 69 anos, e Josefa Ribeiro, de 62 anos, casal morador da Vila Zilda.

O prefeito destacou o trabalho que vem sendo feito na área habitacional na Cidade.

"Além dos títulos entregues desde o ano passado, também entregamos 400 apartamentos no Cantagalo e retomamos as obras do Parque da Montanha. O problema habitacional é muito grande em nossa Cidade, e estamos combatendo com muito trabalho. Me sinto muito feliz em poder assinar a concretização do sonho de cada um".

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Esportes

De algoz a novo reforço? Santos quer Breno Lopes para jogar a Série B

Jogador marcou o gol da vitória alviverde na Libertadores de 2020

Esportes

Vasco busca detalhes sobre João Schmidt

Volante foi um dos destaques do Campeonato Paulista

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter