X

Cotidiano

Fake news: WhatsApp bane 100 mil usuários por uso irregular do aplicativo

A iniciativa da empresa ocorre após reportagem publicada pela Folha de S.Paulo na última quinta-feira (18) mostrar que empresas bancaram uma campanha de mensagens anti-PT com pacotes de disparos em massa.

Folhapress

Publicado em 20/10/2018 às 12:34

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

O aplicativo de mensagens WhatsApp anunciou ter banido mais de 100 mil usuários no Brasil nesta semana. / Divulgação

O aplicativo de mensagens WhatsApp anunciou ter banido mais de 100 mil usuários no Brasil nesta semana para conter desinformação, spam e notícias falsas.

A iniciativa da empresa ocorre após reportagem publicada pela Folha de S.Paulo na última quinta-feira (18) mostrar que empresas bancaram uma campanha de mensagens anti-PT com pacotes de disparos em massa.

O senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), filho do deputado federal e presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), teve a conta suspensa. 

Segundo o WhatsApp, Flávio foi impedido de usar o mensageiro porque estava disseminando spam, isto é, mensagens não solicitadas. Ele já recuperou o número.

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

RUÍNAS

Restauração do Escolástica Rosa começa no 'fim do mês', diz Nupec

Patrimônio histórico tombado foi inaugurado em 1908 à beira-mar e formou gerações de santistas, mas está abandonado, tomado pelo mato e em ruínas

Praia Grande

Neste começo de semana, PAT de Praia Grande está com vagas de emprego

Candidato deve possuir cadastro no PAT de Praia Grande

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter