Estação de Embarque do Jd. Rio Branco é confortável, dizem usuários

A Estação de Embarque foi construída ao redor da Praça dos Ambientalistas, próximo a Via Anchieta

Comentar
Compartilhar
24 FEV 201319h58

No primeiro dia útil após a inauguração da Estação de Embarque do Jardim Rio Branco, na Área Continental de São Vicente, usuários do transporte coletivo aprovaram as novas instalações. A Estação de Embarque foi construída ao redor da Praça dos Ambientalistas, próximo a Via Anchieta. A dona de casa Aparecida Jordão, 34 anos, mora no bairro desde que nasceu. “Ficou bem melhor agora com os abrigos. É mais confortável para esperar o ônibus. Agora também dá para se proteger da chuva e a Praça está mais bonita”.

A dona de casa Joseli da Silva compartilha da mesma opinião de Aparecida. “Melhorou bastante. Agora é mais confortável esperar o ônibus. Antes não tinha nem ponto de ônibus e quando chovia era ruim”, disse ela. O encarregado de obras, Hélio José Gomes, afirmou que o bairro melhorou bastante com a Estação de Embarque. “A gente não fica mais aguardando o ônibus na chuva ou no sol forte. Foi a melhor coisa que fizeram aqui, no Rio Branco”.

Porém, para o vendedor Caudilho Carvalho Rocha, a Estação “não faz muita diferença”. “É um ponto de ônibus melhorado. Se tivessem construído um Terminal aqui, que fizesse conexão entre as linhas que vão para o Humaitá, Parque das Bandeiras, Cubatão e Praia Grande, aí sim seria vantagem para os moradores do Rio Branco. Poderíamos até economizar na passagem, trocando de ônibus dentro do Terminal”, disse o vendedor.  

A Estação de Embarque foi inaugurada no início da tarde de domingo, pelo prefeito Tércio Garcia e pelo presidente da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU/SP), José Ignácio Sequeira de Almeida.

Plano de Expansão

A Estação de Embarque faz parte do Plano de Expansão de Transporte Metropolitano, que prevê investimentos de mais de R$ 16 bilhões do Governo do Estado até 2010. O plano tem por objetivo facilitar a articulação de São Vicente com as cidades de Praia Grande, Santos e Cubatão, por meio de melhorias nas condições de infra-estrutura para cerca de dez mil passageiros transportados diariamente em 13 linhas metropolitanas.

De acordo com a EMTU, a expectativa é de que o plano de expansão reduza em 25% o tempo médio de viagem de ônibus nas quatro cidades. A Estação Rio Branco envolve uma área de 11.900 m², onde foram instaladas duas plataformas, rampas de acesso, piso podotátil, lixeiras, bancos, comunicação visual, iluminação, pavimento rígido nas paradas e urbanização do entorno.