Estabelecimento é multado por festa clandestina em Guarujá

A prefeitura iniciou uma operação na última sexta-feira, a fim de intensificar a fiscalização quanto às regras de combate à covid-19

Comentar
Compartilhar
01 MAR 2021Por Da Reportagem13h15
A Diretoria de Força Tarefa de Guarujá autuou um estabelecimento em aproximadamente R$ 20 milA Diretoria de Força Tarefa de Guarujá autuou um estabelecimento em aproximadamente R$ 20 milFoto: Divulgação/PMG

A Diretoria de Força Tarefa de Guarujá autuou um estabelecimento em aproximadamente R$ 20 mil por realizar uma festa clandestina com aglomeração de pessoas no último domingo (28), no bairro Pae Cará, em Vicente de Carvalho. As equipes tiveram apoio da Polícia Militar e, chegando ao local, constataram que um estabelecimento estava realizando um evento com música ao vivo, com cerca de 400 pessoas obstruindo a via. A festa foi encerrada e o público dispersado.

O estabelecimento foi autuado por infringir quatro regras: não cumprimento do horário de funcionamento; descumprimento do decreto que proíbe aglomerações; jogar lixo no logradouro e embaraço do trânsito de veículos e pedestres. Também foram apreendidas 27 cadeiras e 8 mesas.

Cientificações

Desde a última sexta-feira (26), Guarujá iniciou uma operação de caráter educativo para cientificar estabelecimentos comerciais da Cidade sobre as regras impostas pelo 'toque de restrição' anunciado pelo Governo do Estado. Os serviços não essenciais estão impedidos de funcionar entre 23 horas e 5 horas, diariamente. Até o momento, 33 locais já foram visitados.

Os autos de cientificação não geram multas. A ação foi direcionada a potenciais polos geradores de aglomeração e centros de entretenimento em geral de Guarujá. A intenção é cientificar aproximadamente 300 comércios da Cidade. A desobediência às determinações estaduais pode acarretar sanções.

Na última sexta-feira (26), os agentes atenderam uma denúncia de que um dos estabelecimentos que haviam sido cientificados seria aberto. Quando os Guardas Municipais chegaram ao local da ocorrência, localizado na Estrada de Pernambuco, as portas estavam fechadas.

Na tarde de sábado (27), a Força Tarefa, em conjunto com a Polícia Militar, esteve em Santa Cruz dos Navegantes para apurar uma denúncia sobre um evento clandestino. Ao chegar ao local, as pessoas se dispersaram e o responsável não foi identificado. No entanto, as equipes apreenderam a estrutura que estava montada, impedindo o descumprimento das medidas preventivas ao contágio do novo coronavírus.

Ao longo da noite, os Guardas Civis Municipais realizaram rondas preventivas em diversos bairros do Município para verificar se os comércios estavam cumprindo as restrições, bem como dispersar aglomerações em locais públicos.

A população também pode colaborar com a Prefeitura de Guarujá denunciando os estabelecimentos que descumprirem as medidas preventivas pelo telefone 153 da Guarda Civil Municipal.