Equipe Psicopedagógica de Guarujá trabalha união entre pais e escola

O Projeto reuniu mais de 40 pais, avós e responsáveis pelos estudantes da EM Professora Ivonete

Comentar
Compartilhar
24 ABR 201516h26

Diferente de uma reunião comum de pais, ao invés de professores apontarem os erros ou acertos de cada aluno, a palestra da equipe Psicopedagógica da Prefeitura de Guarujá torna o encontro entre pais, assistente social e psicopedagogo, um momento de união e auxílio mútuo. Esta dinâmica que inclui os pais na vida escolar de seus filhos se desenvolve por meio do Projeto Família e Escola de Mãos Dadas, da Secretaria Municipal de Educação.

Neste ano, as reuniões são semestrais e abrangem todas as escolas de ensino fundamental da rede municipal. E uma das Unidades de Ensino que abraça a iniciativa há cinco anos é a Escola Municipal Professora Ivonete da Silva Câmara (Avenida A, 18 – Jardim Conceiçãozinha). A Escola recebeu dois representantes da equipe psicopedagógica no último dia 16, abordando “A Importância da Família no Processo de Aprendizado”, para mais de 40 pais.

A palestra, ministrada pelo psicopedagogo Eduardo Martins, comunicou aos pais e demais responsáveis, de maneira simples e de fácil compreensão, como lidar com o comportamento dos filhos e a falta de interesse nos estudos. “Crianças com falta de regras e limites possuem dificuldades de ter disciplina na escola. Às vezes, distúrbios como anemia, também impedem a criança de praticar as atividades escolares”, apontou Martins.

O palestrante deu muitos exemplos vivenciados pelos pais em casa, que influenciam no desempenho do filho na escola. “O ambiente letrado, com livros em casa e pais leitores, fazem com que a criança, por volta dos 5 anos de idade, venha a ter um vocabulário de 12.000 palavras. Pois, ao ouvir histórias lidas pelos familiares a criança aprende e assimila melhor o conteúdo em sala de aula”, explanou Martins.

A vice-diretora da EM Ivonete, Ana Cicconi explica que “todos nós (escola e família), temos uma parte de responsabilidade na educação de nossas crianças, então temos que estar unidos. E este ano, estamos com mais pais do que no ano anterior”, comemorou Ana.

O interesse da mãe de dois filhos, Carla Santana Silvestre da Silva, foi o que contribuiu para o Projeto, assim como a presença de outros pais. “Trata-se da vida do meu filho, então quero participar de tudo o que diz respeito ao aprendizado dele. E vir à reunião serve até de aprendizado para mim mesma”, contou Carla.

Para a mãe de uma estudante de 8 anos da Unidade, Cristiane dos Santos Pereira Vitorino, o Projeto Família e Escola de Mãos Dadas “é positivo para que eu possa receber orientações de profissionais especializados e ajudar minha filha no aprendizado. Acho muito boa essa integração da Seduc com os pais ”.

Equipe – A equipe do Projeto, sob coordenação de Maria Aparecida Soares da Silva, é formada por psicopedagogos, assistentes sociais, psicólogos e fonoaudióloga. Todos desempenham ações que estabelecem e fortalecem o vínculo e a parceria entre família e escola. Os técnicos atuam nas especificidades de suas áreas, intervindo sempre no âmbito institucional.

Cronograma

28/04 – EM Professora Lúcia Flora dos Santos (Rua Josefa Hermínia Calda, 220, Jardim Progresso), às 09 horas, palestra sobre drogas.

30/04 – EM Giusfredo Santini (São João Batista, nº370 – Morrinhos II), às 08 horas e 30 minutos. Palestra o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

30/04 - EM Professora Lucimara de Jesus Vicente( Avenida Manoel da Cruz Michael, 343 – Santa Rosa ), palestra sobre violência Às 09 horas e 30 minutos. E às 15 horas e 30 minutos sobre relações familiares.

08/05 - EM Vereador Francisco Figueiredo (Avenida Tancredo Neves, s/n – Bairro Santa Clara), palestra sobre relação familiar às 15 horas.

14/05 - EM Franklin Delano Roosevelt (Avenida Adriano Dias dos Santos, 500 – Jardim Boa Esperança), palestra sobre drogas às 13 horas.

15/05 - Escola Municipal Professora Myriam Terezinha Wichrowski Millbourn (Avenida Adriano Dias dos Santos, 611 – Jardim Boa Esperança) , palestra sobre relação familiar.

19/05 – EM Gladston Jafet (Rua João Luiz da Silva, na Vila Lígia), às 10 horas, palestra sobre relação familiar.

19/05 - EM Lúcia Flora (Rua Josefa Hermínia Calda, 220, Jardim Progresso), às 14 horas. Palestra sobre relação familiar.

21/05 - EM Dr. Napoleão Rodrigues Laureano (Avenida Oswaldo Aranha, 365, no Jardim Maravilha), às 09 horas e 30 minutos, palestra sobre violência. E às 15 horas e 30 minutos, palestra sobre relação familiar.

26/05 - EM Angelina Daige (Praça Sorocaba, s/n – Vila Áurea), às 09 horas e às 13 horas, palestra sobre relação familiar.

28/05 - EM Professora Jacirema dos Santos Fontes (Rua Daniel Matos da Silva, 63 – Morrinhos I), palestra sobre relação familiar no período da tarde.

16/06 - EM Dr. Oswaldo Cruz (Avenida Presidente Vargas, 485 – Parque Estuário), palestra sobre relação familiar às 15 horas.

18/06 - EM Mário Cerqueira Leite Filho (Rua Javari, 95 – Perequê), palestra sobre relação familiar às 15 horas e 30 minutos.