Entre 255 e 365 mil veículos devem descer a serra no feriado de Proclamação da República

Sistema Anchieta-Imigrantes deve receber operação especial para descida, que deverá ser implantada a partir das 12h de quinta-feira

Comentar
Compartilhar
12 NOV 201314h24

A Ecovias, concessionária que administra o Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI), estima que entre 255 e 365 mil veículos devem viajar rumo ao litoral pelas rodovias do SAI durante o feriado nacional de Proclamação da República (15). A contagem terá início à 0h de quinta-feira (14) e se estenderá até as 24h de domingo (17). A previsão leva em consideração quatro possibilidades climáticas - tempo ruim, regular, bom e ótimo.

Para garantir melhor fluidez no tráfego e a segurança dos motoristas, serão montadas operações especiais durante os períodos de maior movimento nas rodovias. Na quinta-feira (14), a partir das 12h, está prevista a implantação da Operação Descida (7x3), com sete faixas funcionando no sentido Litoral e três faixas no sentido São Paulo. Nessa operação, a pista norte da Anchieta, que normalmente opera no sentido São Paulo, é invertida e usada também para descida.A Operação Descida deve entrar em vigor novamente na sexta-feira, das 0h às 18h, e no sábado (16), das 8h às 13h.

Entre 255 e 365 mil veículos devem viajar rumo ao litoral pelas rodovias do SAI  (Foto: Patrícia Santos/AE)

Para facilitar o retorno a São Paulo, a Ecovias deve implantar a operação subida (2x8) já no sábado à noite, por volta das 21h. No domingo (17), a operação voltará a ser montada a partir das 12h e deve estender até o início da madrugada de segunda-feira.  Nesse período, a descida é realizada apenas pela pista sul da Anchieta, num total de duas faixas, enquanto a subida é feita pelas duas pistas da Imigrantes e a pista norte da Anchieta, num total de oito faixas.

Vale lembrar que as operações especiais com inversão de sentido das pistas são válidas apenas no trecho de serra – entre o km 40 e km 55 da Anchieta e entre o km 40 e km 57 da Imigrantes – e podem sofrer alterações de acordo com o volume de tráfego.