Enem registra 410 mil inscrições no primeiro dia

Ministério da Educação estima que mais de 9 milhões de alunos se candidatem para fazer o exame; prazo termina dia 5 de junho

Comentar
Compartilhar
26 MAI 201518h01

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2015 registrou 410 mil candidatos no primeiro dia de inscrição, na segunda-feira (25). Os interessados deverão acessar a página do exame na internet, até o prazo final de 5 de junho. O ministério estima que mais de 9 milhões de pessoas se candidatem para fazer o exame.

Na edição deste ano, estão isentos da taxa de inscrição alunos do ensino médio em 2015 matriculados em escolas da rede pública e as pessoas que se declararem carentes. Para os demais, o valor é de R$ 63,00 e o pagamento deve ser efetuado até as 21h59 (horário de Brasília) do dia 10 de junho.

No ato da inscrição, os candidatos precisam informar um número de telefone fixo ou celular válido. Também é necessário cadastrar um endereço eletrônico (e-mail), o qual não pode ser utilizado por outro participante, além de criar pergunta e resposta de segurança para acesso ao sistema de inscrição.

Estudantes que não terminarão o ensino médio este ano podem participar como treineiros, ou seja, o resultado não poderá ser usado para participar de programas de acesso ao ensino superior.

Nome social de transexuais e travestis

No Enem 2015, travestis e transexuais poderão usar o nome social. Para tanto, deverão, de 15 a 26 de junho, preencher formulário específico e enviar pela página do exame na internet. Junto, é preciso encaminhar cópia de documento de identificação com foto, além de uma foto recente. É importante lembrar que, antes desse procedimento, é necessário fazer a inscrição normalmente, no período estipulado a todos os participantes, conforme prevê o edital.

410 mil inscrições fora realizadas no primeiro dia (Foto: Divulgação)

Sisu

A nota do Enem é usada como critério de acesso à educação superior por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece vagas em 115 instituições públicas, e do Programa Universidade para Todos (ProUni).

A participação na prova é ainda requisito para receber o benefício do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), participar do programa Ciência sem Fronteiras ou ingressar em vagas gratuitas dos cursos técnicos oferecidos pelo Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec). Estudantes maiores de 18 anos podem também obter a certificação do ensino médio por meio do Enem.