Encenação: Pároco da Igreja Matriz interpretará Gonçalo Monteiro

Renan Fonseca viverá primeiro padre de São Vicente

Comentar
Compartilhar
15 JAN 2019Por Da Reportagem04h30
Padre foi indicado ao papel pelo prefeito Pedro Gouvêa também no ano passado, mas a agenda lotada impediu sua participaçãoPadre foi indicado ao papel pelo prefeito Pedro Gouvêa também no ano passado, mas a agenda lotada impediu sua participaçãoFoto: Divulgação/PMSV

A Encenação da Fundação da Vila de São Vicente começa na sexta-feira (18) com presença confirmada de Renan Fonseca e Censi, 32 anos, que interpretará Gonçalo Monteiro, primeiro padre a rezar uma missa na Primeira Cidade do Brasil.

Padre há três anos, o pároco da Igreja Matriz de São Vicente foi indicado ao papel pelo prefeito Pedro Gouvêa também no ano passado, mas a agenda lotada impediu sua participação. Este ano, após ser novamente convidado, viu a oportunidade de dar vida ao religioso português, que chegou à Cidade junto com a esquadra de Martim Afonso de Sousa.

Renan diz estar feliz com o convite. “É muito importante exercer este papel, interpretar o primeiro padre de São Vicente me deixa muito feliz. É sempre bom reforçar os conceitos e a importância da religiosidade em nossas vidas”.  

A coincidência de interpretar um padre garante mais vida e veracidade ao papel. O maior espetáculo em areia de praia pretende emocionar e levar um pouco de história a todos.

Trajetória

O jovem padre de 32 anos sempre esteve ligado ao mundo religioso e a vida na igreja sempre esteve atrelada ao seu dia a dia. Quando pensou em sua vocação e seu futuro profissional, optou pela faculdade de administração, curso o qual concluiu. Porém, não imaginava exercer a função por um longo período. Através do testemunho de um pároco, lhe foi questionado sobre a sua vocação para a função de padre. Decidiu então fazer o teste vocacional em um seminário religioso. Desde então se encontrou como padre e exerce feliz a função.

Padre Renan considera “importante a cidade promover sua história. Trata-se de um belo evento e é muito gratificante ver o empenho da comunidade local em participar do espetáculo”.