Encenação: história será contada pela ótica da Loucura

A 37ª Encenação da Fundação da Vila de São Vicente vai acontecer entre os próximos dias 18 e 22

Comentar
Compartilhar
17 JAN 2019Por Caroline Souza08h20
Artistas se reuniram na manhã de ontem, em coletiva de imprensa, para falar sobre espetáculoArtistas se reuniram na manhã de ontem, em coletiva de imprensa, para falar sobre espetáculoFoto: Nair Bueno/DL

Cinco dias de ‘Loucura’ vão marcar a 37ª Encenação da Fundação da Vila de São Vicente. Entre os próximos dias 18 e 22, na Arena montada nas areias da Praia do Gonzaguinha, em Frente à Praça Tom Jobim, o público vai poder assistir ao espetáculo, cujo roteiro está baseado na personagem Loucura, interpretada por Marcos Frota. Elenco e produção se reuniram na manhã de ontem, em coletiva de imprensa, para dar detalhes do evento.

A narrativa deste ano pretende aproximar o público do espetáculo. Os cinco mil espectadores diários terão visão completa da atração. Isso porque a Arena foi planejada em formato de U.  

“A proposta está diferente, a ideia é, através da Loucura, aproximar o público da história”, comentou Frota. “A gente vive em uma época que as pessoas não querem mais só assistir e sim ­participar”, completou.

Para o diretor geral Lucas Magalhães, “a Encenação vai passar uma mensagem de motivação, de enfrentar desafios e ultrapassar limites”. Ele divide a direção geral com Geyssa Alencar e ­Sabrina Olímpio.

O espetáculo vai colocar em cena mais de mil pessoas, entre 700 artistas da comunidade, atores convidados e produção. A comunidade, segundo Geyssa Alencar, dividirá o protagonismo com os artistas convidados.

Além de Marcos Frota, fazem parte do elenco deste ano Duda Nagle, como Martim Afonso; Fernanda Pontes, como Ana Pimentel; e Carol Nakamura, como Índia Bartira.

“As pessoas podem esperar muita magia, dança e arte nestes cinco dias de encenação”, finalizou Sabrina ­Olímpio.

Atores convidados exaltam Encenação de São Vicente

“Queremos colocar a cidade de São Vicente no mapa dos grandes eventos. Fazer com que a cidade possa ser mais admirada e conhecida como um município histórico do nosso País”. A declaração de Marcos Frota, que interpretará a Loucura, foi feita ontem, em coletiva de imprensa para apresentar os atores convidados que darão vida aos principais personagens da 37ª Encenação da Fundação da Vila de São ­Vicente.

Frota atuou nas novelas “Escrava Isaura”, “Vereda Tropical”, “América”, “A Próxima Vítima”, “O Clone”, “Vamp”, “Sassaricando” e “Mulheres de Areia”. Nesta última, o ator interpretou Tonho da Lua, um dos personagens mais marcantes de sua carreira. Ele também é dono de um circo e se apresenta como trapezista. “Quero contribuir para que o espetáculo seja realmente encantador”, ­emendou.

O personagem de Martim Afonso será interpretado por Duda Nagle. Na coletiva, o ator se mostrou ansioso com a estreia. “Confesso que não tinha noção da grandiosidade do evento. A Encenação é uma lição para o País inteiro, de falar sobre sua história”.

O ator ficou famoso em “Malhação”, novela na qual viveu os personagens Gabriel Lugano (2003), Edgard (2013) e Vanderson Espada (2017). Ele também atuou em “América”, “Páginas da Vida”, “Sete Pecados”, “Caminho das Índias” e “Salve Jorge”.
A atriz e bailarina Carol Nakamura prometeu dar o melhor de si para viver a personagem Índia Bartira - interpretada por Marisol Dias nos últimos anos. Dias continua no espetáculo, agora interpretando a Índia Jaci.

“Estou com uma expectativa enorme, afinal são cinco mil pessoas assistindo todos os dias, mas tenho certeza que vai ser maravilhoso”, afirmou Nakamura. Sua história teve início no Balé Clássico, o que a levou ao corpo de bailarinas do programa “Domingão do Faustão”, passando posteriormente para assistente de palco e apresentadora de um quadro do programa. Em 2012, iniciou a carreira de atriz, na peça “Pista Falsa”. Nakamura tem ainda experiência em encenações ao ar livre, interpretando “Maria, mãe de Jesus”, na encenação “Paixão de Cristo”.

Já Ana Pimentel será interpretada por Fernanda Pontes. Atualmente, a atriz está no comando de um programa gravado nos Estados Unidos. “É muito bacana ver uma cidade que valoriza a nossa cultura. Estou ainda mais orgulhosa de ser brasileira”, afirmou. Ao longo da carreira, Pontes atuou em novelas como “Gabriela”, “As Cariocas” e “Flor do Caribe”.

Ingressos para atração  já podem ser retirados

Quem quiser garantir o ingresso para assistir ao maior espetáculo encenado em areia de praia do mundo já pode ir a um dos quatro pontos de troca. Este ano não será cobrado o ingresso, mas as entradas serão trocadas por um quilo de alimento não perecível.

Os pontos de troca são: a Prefeitura de São Vicente (Rua Frei Gaspar, 384 – Centro); Subprefeitura da Área Continental (Av. Ulisses Guimarães, 211 – Jd.Rio Branco); Posto de Informações Turísticas da Praça Tom Jobim, de segunda a sexta, das 9 às 17h e também no 3º piso, ao lado da praça de alimentação do Shopping Brisamar (Rua Frei Gaspar, 365), de segunda a sábado, das 10 às 22h.

A retirada será limitada a até oito ingressos por pessoa. A arquibancada tem capacidade para até cinco mil lugares por dia e foi dividida em quatro setores: verde, laranja, azul e amarelo, além dos camarotes Martim Afonso e Bartira, destinados aos convidados.

Os alimentos serão revertidos para o Fundo Social de Solidariedade de São Vicente.