EMTU garante o início de testes do VLT para julho

Joaquim Lopes, presidente da EMTU, anunciou que não haverá atraso no início dos testes operacionais das obras do VLT na cidade, previsto para julho.

Comentar
Compartilhar
05 FEV 201410h54

Após um período de 22 dias de paralisação nas obras do VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) na cidade, por conta de liminar obtida pelo Ministério Público, o presidente da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo S.A.), Joaquim Lopes, esteve nesta terça-feira (4) na região para anunciar que não haverá atraso no início dos testes operacionais, previsto para julho.

A previsão é de que a população poderá utilizar o novo modal a partir de 2015. “Em 2014 o sistema estará operando. No final de julho será feita a primeira viagem para testes e sete estações estarão prontas até maio, quando chegam os primeiros trens”, afirmou Lopes, em entrevista concedida nas instalações da Estação Cenográfica do VLT, junto ao teleférico, em São Vicente, onde também estiveram presentes os prefeitos de Santos, Paulo Alexandre Barbosa, e São Vicente, Luiz Cláudio Bili.

A previsão é de que a população poderá utilizar o novo modal a partir de 2015

O trecho contempla a primeira etapa, com 9,5 Km de extensão, entre os Barreiros (São Vicente) e a av. Conselheiro Nébias (Santos). Serão 11 estações entre Santos e São Vicente, mais um terminal (Barreiros), uma estação de transferência e um pátio de apoio. “Todos os problemas com o MP nós resolvemos. Vamos reforçar o número de trabalhadores para que possamos recuperar o tempo perdido”, complementou Lopes.

A visita da EMTU terminou na Estação Nossa Senhora de Lourdes (rua Gaspar Ricardo, entre as ruas Santa Catarina e Décio Stuart), um dos locais onde as obras estão mais avançadas.

Trens

Dois representantes da Vossloh Rail Vehicles, empresa espanhola que fabricará a frota de 22 trens para Santos e São Vicente, veio conferir de perto o andamento das obras. “A produção dos veículos está dentro do cronograma. Até maio os primeiros trens sairão de Valência (sede da empresa) e chegarão a Santos”, comentou Ignacio Erce, diretor de operações.

Prêmio

O estudante paulistano de design João Eduardo Pinhata, de 26 anos, foi premiado pela EMTU com um troféu por ter vencido o concurso 'VLT na Sua Onda'. A promoção elegeu o melhor trabalho de arte para adesivar o protótipo do VLT instalado na av. Ayrton Senna, em frente ao teleférico, em São Vicente. A arte, segundo o artista, faz alusão ao fundo do mar e as ondas.

VLT – Primeira etapa

>> 9,5 Km entre os Barreiros e a Conselheiro Nébias;

>> 11 estações entre Santos e São Vicente, mais 1 terminal (Barreiros), 1 estação de transferência e 1 pátio de apoio;

>> Alargamento do Túnel José Menino (cerca de 90m);

>> R$ 980 milhões em investimentos;

>> Atendimento a 70 mil passageiros/dia e integração com os ônibus, totalizando 246 mil/dia, com um funcionamento de 20h/dia;

>> Previsão de início das operações para julho de 2014

Fotos: Isabela Carrari