X
Cotidiano

Empresário Armênio Mendes morre aos 73 anos

Ele lutava contra um câncer e estava internado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo

Armênio nasceu no dia 2 de agosto de 1944, no vilarejo português Chão de Couce (Conselho de Ancião) / Divulgação

O empresário Armênio Mendes morreu nesta sexta-feira (13), aos 73 anos, após luta contra um câncer. Ele estava internado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo.

Armênio nasceu no dia 2 de agosto de 1944, no vilarejo português Chão de Couce (Conselho de Ancião), distrito de Leiria. Saiu de Portugal e desembarcou no Porto de Santos com 18 anos, em 1963. Foi morar em Vicente de Carvalho com um tio seu também português que trabalhava em um açougue.

Lá, trabalhou durante 11 meses em um estaleiro do distrito guarujaense pertencente à família Stipanich, emprego que o seu tio lhe arrumou. Depois, veio a trabalhar também fazendo aterros com um caminhão basculante e em uma oficina de bicicletas.

Ingressou na vida de empreendedor da construção em 1975 – ao notar o seu potencial melhor com a construção do que com o caminhão ou bicicletas – ao fundar a Miramar Construtora, a 1ª empresa das que hoje formam o grupo Mendes – o qual possui edificados edifícios residenciais, casas e produtos ligados ao entretenimento: shopping centers (a exemplos do Miramar Shopping, do Praiamar Shopping e do Brisamar Shopping), hotéis, centros de convenções, rádios (a exemplo da rádio Jovem Pan FM Santos) e outros.

 

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cotidiano

Turismo realiza capacitação de agentes, funcionários e novos GCMs

A capacitação ocorrerá de segunda (8) a quarta-feira (10). Durante estes dias os PITs e o CITM estarão fechado para o público

Brasil

Pobreza chega a recorde de quase 20 milhões nas metrópoles brasileiras

Para 2022, os pesquisadores veem tanto fatores que podem elevar a renda dos mais vulneráveis quanto questões que dificultam uma recuperação mais consistente

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software