GOVERNO 3

Emendas vão garantir nova sede de companhia da PM em Cubatão

Vereadores alinharam destinação de recursos em reunião com comandante da 4ª Companhia

Comentar
Compartilhar
03 OUT 2019Por Da Reportagem08h00
A reunião foi realizada na segunda-feira (1º); atual batalhão encontra-se em estado precário de conservaçãoFoto: Divulgação

Uma reunião entre vereadores de Cubatão e o comandante da PM em Cubatão, Elizardo Matos Lyrio, da 4ª Companhia do 21º Batalhão da Polícia Militar do Interior, alinhou, na segunda-feira (1º), a destinação de emendas impositivas para a construção de uma nova sede para a corporação na cidade, uma vez que o local atual da companhia, no Casqueiro, encontra-se em estado precário de preservação. No encontro, os parlamentares discutiram com a autoridade policial a possibilidade de cada parlamentar destinar R$ 900 mil para esta finalidade.

O vereador Rafael Tucla (PT) se comprometeu a colaborar e aproveitou para sugerir a ampliação do teto de gastos para outras pastas além da saúde. Para o exercício de 2020, cada parlamentar terá à disposição R$ 11 mil de emenda impositiva, sendo que 50% é destinado para a área da saúde.

O vereador Anderson Veterinário (PRB) criticou o fato de que se precise dos recursos das emendas parlamentares. "Segurança Pública seria de competência do Estado e tudo está sendo atribuição de emenda impositiva do vereador", criticou.

Já o vereador Toninho Vieira (PSDB) mesmo entendendo que era uma obrigação do Estado, também se comprometeu a ajudar. "A segurança pública é sim de responsabilidade do Governo Estadual, mas observando as condições que eles estão passando, não podemos deixar de contribuir", disse.

O capitão Matos comentou que outra iniciativa a ser tomada é buscar recursos diretamente com o Poder Executivo. Em nota, ontem, o oficial disse que o próximo passo será uma reunião com o prefeito Ademário Oliveira (PSDB) para a avaliação da viabilidade da construção do prédio.

O chefe do Legislativo, Fábio Roxinho (MDB), disse que em breve se reunirá com todos os parlamentares para discutir a possibilidade de alteração nas emendas e a sua destinação para a construção.

Os vereadores Jair do Bar (PT); Cléber do Cavaco (PRB); Ricardo Queixão (PDT); Wilson Pio (PSDB); Lalá (LD), Aguinaldo Araújo (PDT); Sérgio Calçados (Cidadania) também estiveram presentes. 

Colunas

Contraponto