Em Santos, passageiros esperam no chão para embarcar

Passa temporada, entra temporada, e os problemas no Terminal de Passageiros continuam os mesmos

Comentar
Compartilhar
17 FEV 201310h23

Os turistas que embarcaram nesta sábado (16) no Terminal de Passageiros Giusfredo Santini, do Porto de Santos, tiveram de esquecer a elegância e esperar sentados no chão ou nas escadarias do local – alguns até estavam deitados.

Com a temperatura acima dos 30°, depois das 11 horas, a grande movimentação de pessoas deixou o terminal bem quente. Os banheiros femininos tiveram longas filas, exigindo paciência das mulheres.

Outra reclamação foi a da presença de apenas dois caixas eletrônicos (um do Banco do Brasil) e outro atendendo várias instituições. Quem precisou tirar dinheiro neste último esperou mais de meia hora na fila.

Essa não é a primeira vez que o Diário do Litoral denuncia a falta de estrutura no terminal de passageiros. A última denúncia do DL sobre o terminal foi sobre a falta de segurança do Concais, denunciada pelo presidente da CNU, Elton dos Anjos.

Segundo o dirigente, o terminal não teria equipe médica de resgate, de enfermagem, cadeiras de rodas, desfribiladores, macas, rampas de acessibilidade e número suficiente de assentos para idosos e portadores de necessidades especiais.

Passageiros se aglomeram no salão principal (Foto: Luigi Di Vaio/DL)